Blog

Blog
Bem vindo ao nosso site Este espaço é totalmente voltado,para o nosso Deus,aqui vamos conhecer as verdades das escrituras sagradas,vamos conhecer o verdadeiro sentido que existe nas boas novas,boas noticias (evangelho) sem mistura de Cristo Jesus, vamos conhecer que os homens corruptos de entendimento estão destruindo o verdadeiro sentido deste evangelho.Aqui falamos a verdade,não acusamos ninguém,e não os julgamos também,mas os levamos a luz da palavra,é ela quem os julga,só estamos mostrando aos leitores os contraste das coisas.E para aqueles que querem viver na verdade das escrituras,e até hoje não compreenderam o que Jesus disse,sobre, o amar a Deus sobre todas as coisas e o próximo como a ti mesmo, este espaço é um grande encontro para este leitor , o mesmo poderá entender que as vezes colocamos nossa religião,nossa denominação,os lideres religiosos, nossos bens materiais,e o nosso eu,como: egoismo,orgulho,falta de caráter,e de personalidade; Acima de Deus,e aí não poderemos jamais amar a Ele,nem o nosso próximo como deveríamos. Confira tudo isso nos nossos anúncios de postagens, e pelas nossas páginas. Sejam todos bem vindos!!!

Gostou deste site?então participe!

Total de visualização de páginas

Postagens recentes

Postagens populares

Slides das Postagens

Postagens em destaques

http://blogdodavidbezerragospel.blogspot.com/. Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

Postagens deste blog

Top 10 Postagens

Postagens

Feed/RSS
Carregando...
Post recentes do meu blog >>

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

JOSE O CARPINTEIRO




JOSE O CARPINTEIRO
A HISTÓRIA DE JOSÉ, O CARPINTEIRO 
Quando nosso Salvador contou a vida de José, o Carpinteiro, a nós, os apóstolos, reunidos no monte das Oliveiras, nós escrevemos sua palavras e depois guardamo-las na biblioteca de Jerusalém. Além disso, deixamos consignado que o dia no qual o santo ancião separou-se do seu corpo: foi do dia 26 de Epep[1] , na paz do Senhor. Amém.
 
I. Jesus Fala a Seus Apóstolos --Estava um dia nosso bom Salvador no monte das Oliveiras, com os discípulos a sua volta e dirigiu-se a eles com estas palavras:- Meus queridos irmãos, filhos de meu amado Pai, escolhidos por Ele entre todos do mundo! Bem sabeis o que tantas vezes vos repeti: é necessário que eu seja crucificado e que experimente a morte, que ressuscite de entre os mortos e que vos transmita a mensagem do Evangelho para que vós, de vossa parte, o pregueis por todo o mundo. Eu farei descer sobre vós uma força do alto, a qual vos impregnará com o Espírito Santo, para que vós, finalmente, pregueis para todas as pessoas desta maneira: fazei penitência! Porque vale mais um copo de água na vida vindoura do que todas as riquezas deste mundo. Vale mais pôr somente o pé na casa de meu Pai que toda a riqueza deste mundo. Mais ainda: vale mais uma hora de regozijo para os justos que mil anos para os pecadores, durante os quais hão de chorar e lamentar, sem que ninguém preste atenção nem console seus gemidos. Quando, pois, meus queridos amigos, chegue a hora de ir-vos, pregai, que meu Pai exigirá contas com balança justa e equilibrada e examinará até as palavras inúteis que possais haver dito. Assim como ninguém pode escapar à mão da morte, da mesma maneira ninguém pode subtrair-se de seus próprios atos, sejam eles bons ou maus. Além disso, vos tenho dito muitas vezes, e repito agora, que nenhum forte poderá salvar-se por sua própria força e nenhum rico, pelo tamanho da sua riqueza. E agora, escutai, que narrar-vos-ei a vida de meu pai José, o abençoado ancião carpinteiro.
 
II. Viuvez de José --Havia um homem chamado José, que veio de Belém, essa vila judia que é a cidade do rei Davi. Impunha-se pela sua sabedoria e pelo seu ofício de carpinteiro. Este homem, José, uniu-se em santo matrimônio com uma mulher que lhe deu filhos e filhas: quatro homens e duas mulheres, cujos nomes eram: Judas, Josetos, Tiago e Simão. Suas filhas chamavam-se Lísia e Lídia.
 
A esposa de José morreu, como está determinado que aconteça a todo o homem, deixando seu filho Tiago ainda menino de pouca idade. José era um homem justo e dava graças a Deus em todos os seus atos. Costumava viajar para fora da cidade com freqüência para exercer o ofício de carpinteiro, em companhia de dois de seus filhos mais velhos, já que vivia do trabalho de suas mãos, conforme o que estabelecia a lei de Moisés.
 
Esse homem justo, de quem estou falando, é José, meu pai segundo a carne, com quem se casou na qualidade de consorte, minha mãe, Maria.
 
III. Maria no Templo --Enquanto meu pai José permanecia viúvo, minha mãe, a boa bendita entre as mulheres, vivia por sua parte no templo, servindo a Deus em toda a santidade. --Havia já completado doze anos. Passara os seus três primeiros anos na casa de seus pais e os nove restantes no templo do senhor. Ao ver que a santa donzela levava uma vida simples e plena de temos a Deus, os sacerdotes conservaram entre si e disseram:
 
- Busquemos um homem de bem e celebremos o casamento com ele, até que chegue o momento de seu matrimônio. Que não seja por descuido nosso que lhe sobrevenha o período da sua purificação no templo, nem que venhamos a incorrer em um pecado grave.
 
IV. Bodas de Maria e José --Convocaram, então, as tribos de Judá e escolheram entre elas doze homens, correspondendo ao número das doze tribos. A sorte recaiu sobre o bom velho José, meu pai, segundo a carne. Disseram os sacerdotes a minha mãe, a Virgem:
 
- Vai com José e permanece submissa a ele, até que chegue a hora de celebrar teu matrimônio.
 
José levou Maria, minha mãe, para sua casa. Ela encontrou o pequeno Tiago na triste condição de órfão e o cobriu de carinhos e cuidados. Esta foi a razão pela qual a chamaram Maria, a mãe de Tiago. Depois de tê-la acomodado em sua casa, José partiu para o local onde exercia o ofício de carpinteiro. Minha mãe Maria viveu dois anos em sua casa, até que chegou o feliz momento.
 
V. A ENCARNAÇÃO --No décimo quarto ano de idade, Eu, Jesus, vossa vida, vim habitar nela por meu próprio desejo. Aos três meses de gravidez o solícito José voltou de suas ocupações. Ao encontrar minha mãe grávida, preso à turbação e ao medo, pensou secretamente em abandoná-la.
 
Foi tão grande o desgosto, que não quis comer nem beber naquele dia.
 
VI. Visão de José --Eis, porém, que durante a noite, mandado por meu Pai, Gabriel, o arcanjo da alegria, apareceu-lhe numa visão e lhe disse:
 
- José, filho de Davi, não tenhas cuidado em admitir Maria, tua esposa, em tua companhia. Saberás que o que foi concebido em seu ventre é fruto do Espírito Santo. Dará, então, à luz um filho, a quem tu porás o nome de Jesus. Ele apascentará os povos com o cajado de ferro.
 
Dito isso, o anjo desapareceu. José, voltando do sono, cumpriu o que lhe havia sido ordenado, admitindo Maria consigo.
 
VII. Viagem a Belém --Então o imperador Augusto fez proclamar que todos deveriam comparecer ao recenseamento, cada um conforme seu lugar de origem. Também o bom velho se pôs a caminho e levou Maria, minha virgem mãe, até a sua cidade de Belém.
 
Como o parto já estava próximo, ele fez o escriba anotar seu nome da seguinte maneira:
 
- José, filho de Davi, Maria, sua esposa, e seu filho Jesus, da tribo de Judá.
 
Maria, minha mãe, trouxe-me ao mundo quando retornava de Belém, perto do túmulo de Raquel, a mulher do patriarca Jacó, a mãe de José e Benjamim.
 
VIII. Fuga para o Egito --Satanás deu um conselho a Herodes, o Grande, pai de Arqueleu, aquele que fez decapitar meu querido parente João. Ele me procurou para tirar-me a vida, porque pensava que meu reino era deste mundo. Meu Pai manifestou isso a José, numa visão, e este pôs-se imediatamente em fuga levado consigo a mim e a minha mãe, em cujos braços eu ia deitado.
 
Salomé [2] também nos acompanhava. Descemos até o Egito e ali permanecemos por um ano, até que o corpo de Herodes foi presa da corrupção, como castigo justo pelo sangue dos inocentes que ele havia derramado e dos quais já nem se lembrava.
 
IX. Retorno à Galiléia --Quando o iníquo Herodes deixou de existir, voltamos a Israel e fomos viver em uma vila da Galiléia chamada Nazaré. Meu pai José, o bendito ancião, continuava exercendo o ofício de carpinteiro, graças a que podíamos viver.
 
Jamais poder-se-á dizer que ele comeu seu pão de graça, mais sim que se conduzia de acordo com o prescrito na lei de Moisés.
 
X. Velhice de José --Depois de tanto tempo, seu corpo não se mostrava doente, nem tinha a vista fraca, nem havia sequer um só dente estragado em sua boca. Nunca lhe faltou a sensatez e a prudência e sempre conservou intacto o seu sadio juízo, mesmo já sendo um venerável ancião de cento e onze anos.
 
XI. Obediência de Jesus --Seus dois filhos Josetos e Simão casaram-se e foram viver em seus próprios lares. Da mesma forma, suas duas filhas casaram-se, como é natural entre os homens, e José ficou com o seu pequeno filho Tiago. Eu, da minha parte, desde que minha mãe trouxe-me a este mundo, estive sempre submisso a ele como um menino e fiz o que é natural entre os homens, exceto pecar.
 
Chamava Maria de minha mãe e José de meu pai. Obedecia-os em tudo o que me pediam, sem ter jamais me permitido replicar-lhes com uma palavra, mas sim mostrar-lhes sempre um grande carinho.
XII. Frente à Morte--Chegou, porém, para meu pai José, a hora de abandonar este mundo, que é a sorte de todo homem mortal.
 
Quando seu corpo adoeceu, veio um de Deus anjo anunciar-lhe:
 
- Tua morte dar-se-á neste ano. Sentindo sua alma cheia de turbação, ele fez uma viagem até Jerusalém, entrou no templo do Senhor, humilhou-se diante do altar e orou desta maneira:
 
XIII. ORAÇÃO de José --- Ó Deus, pai de toda misericórdia e Deus de toda carne, Senhor da minha alma, de meu corpo e do meu espírito! Se é que já se cumpriram todos os dias da vida que me deste neste mundo, rogo-te, Senhor Deus, que envies o arcanjo Micael para que fique do meu lado, até que minha desditada alma saia do corpo sem dor nem turbação. Porque a morte é para todos causa de dor e turbação, quer se trate de um homem, de um animal doméstico ou selvagem, ou ainda de um verme ou um pássaro. Em uma palavra, é muito dolorosa para todas as criaturas que vivem sob o céu e que alentam um sopro de espírito para suportar o transe de ver sua alma separada do corpo. Agora, meu Senhor, faz com que o teu anjo fique do lado da minha alma e do meu corpo e que esta recíproca separação se consuma sem dor. Não permitas que aquele anjo que me foi dado no dia em que saí de teu seio volte seu rosto irado para mim ao longo deste caminho que empreendi até vós, mas sim que ele se mostre amável e pacífico. Não permitas que aqueles cujas faces mudam dificultem a minha ida até vós. Não consintas que minha alma caia em mãos do cérbero e não me confundas em teu formidável tribunal. Não permitas que as ondas deste rio de fogo, nas quais serão envolvidas todas as almas antes de ver a glória de teu rosto, voltem-se furiosas contra mim. Ó Deus, que julgais a todos na Verdade e na Justiça, oxalá tua misericórdia sirva-me agora de consolo, já que sois a fonte de todos os bens e a ti se deve toda a glória pela eternidade das eternidades! Amém.
 
XIV. Doença de José --Aconteceu que, ao voltar a sua residência habitual de Nazaré, viu-se atacado pela doença que havia de levá-lo ao túmulo. Esta apresentou-se de forma mais alarmante do que em qualquer outra ocasião de sua vida, desde o dia em que nasceu.
 
Eis aqui, resumida, a vida de meu querido pai José: ao chegar aos quarenta anos, contraiu matrimônio, no qual viveu outros quarenta e nove.
 
Depois que sua mulher morreu, passou somente um ano. Minha mãe logo passou dois anos em sua casa, depois que os sacerdotes confiaram-na com estas palavras: - Guarda-a até o tempo em que se celebre vosso matrimônio.
 
Ao começar o terceiro ano de sua permanência ali - tinha nessa época quinze anos de idade - trouxe-me ao mundo de um modo misterioso, que ninguém entre toda a criação pode conhecer, com exceção de mim, de meu Pai e do Espírito Santo, que formamos uma unidade.
 
XV. O Início do Fim --A vida de meu pai José, o abençoado ancião, compreendeu cento e onze anos, conforme determinara meu bom Pai. O dia em que se separou do corpo foi no dia 26 do mês de Epep. O ouro acentuado de sua carne começou a desfazer-se e a prata da sua inteligência e razão sofreu alterações. Esqueceu-se de comer e de beber e a destreza no desempenho de seu ofício passou a declinar.
 
Aconteceu que, ao amanhecer do dia 26 de Epep, enquanto estava em seu leito, foi tomado de uma grande agitação. Gemeu forte, bateu palmas três vezes e, fora de si, pôs-se a gritar dizendo:
 
XVI. Lamentos de José -- Ai, miserável de mim! Ai do dia em que minha mãe trouxe-me ao mundo! Ai do seio materno do qual recebi o germe da vida! Ai dos peitos que me amamentaram! Ai do regaço em que me reclinei! Ai das mãos que me sustentaram até o dia em que cresci e comecei a pecar! Ai de minha língua e de meus lábios que proferiram injúrias, enganos, infâmias e calúnias! Ai dos meus olhos, que viram o escândalo! Ai dos meus ouvidos que escutaram conversações frívolas! Ai das minhas mãos que subtraíram coisas que não lhes pertenciam! Ai do meu estômago e do meu ventre que ambicionaram o que não era deles! Quando alguma coisa lhes era apresentada, devoravam-na com mais avidez do que poderia fazê-lo o próprio fogo! Ai dos meus pés que fizeram um mau serviço ao meu corpo, já que o levaram por maus caminhos! Ao do meu corpo todo que deixou a minha alma reduzida a um deserto, afastando-a de Deus que a criou! Que farei agora? Não encontro saída em parte alguma! Em verdade é que pobres dos homens que são pecadores! Esta é a angústia que se apoderou de meu pai Jacob em sua agonia, a qual veio hoje a ter comigo, infeliz. Mas, ó Senhor, meu Deus, que és o mediador de minha alma e de meu corpo e de meu espírito, cumpre em mim a tua divina vontade.
 
XVII. Jesus Consola seu Pai --Quando terminou de dizer estas palavras, entrei no local onde ele se encontrava e, ao vê-lo agitado de corpo e de alma, disse-lhe: - Salve, José, meu querido pai, ancião bom e abençoado. Ele respondeu, ainda tomado por um medo mortal:
 
- Salve mil vezes, querido filho. Ao ouvir tua voz, minha alma recupera sua tranqüilidade. Jesus, meu Senhor! Jesus, meu verdadeiro rei, meu salvador bom e misericordioso! Jesus, meu libertador! Jesus, meu guia! Jesus, meu protetor! Jesus, em cuja bondade encontra-se tudo! Jesus, cujo nome é suave e forte na boca de todos! Jesus, olho que vê e ouvido que ouve verdadeiramente: escuta-me hoje, teu servidor, quando elevo meus rogos e verto meus lamentos diante de ti. Em verdade tu és Deus. Tu és o Senhor, conforme tem-me repetido muitas vezes o anjo, sobretudo naquele dia em que suspeitas humanas se aninharam em meu coração, ao observar os sinais de gravidez da Virgem sem mácula e eu havia decidido abandoná-la. Mas, quando eu estava pensando nisto, um anjo apareceu-me em sonhos e me disse: José, filho de Davi, não tenhas receio em receber Maria como esposa, pois o que há de dar à luz é fruto do Espírito Santo. Não guardes suspeita alguma a respeito de sua gravidez. Ela trará ao mundo um filho e tu dar-lhe-ás o nome de Jesus. Tu és Jesus Cristo, o salvador da minha alma, de meu corpo e de meu espírito. Não me condenes, teu servo e obra de tuas mãos. Eu não sabia nem conhecia o mistério de teu maravilhoso nascimento e jamais havia ouvido que uma mulher pudesse conceber sem a obra de um homem e que uma virgem pudesse dar à luz sem romper o selo de sua virgindade. Ó, meu Senhor! Se não tivesse conhecido a lei desse mistério, não teria acreditado em ti, nem em teu santo nascimento, nem rendido honras a Maria, a Virgem, que te trouxe a este mundo. Recordo ainda aquele dia em que um menino morreu, por causa da mordida de uma serpente. Seus familiares vieram a ti, com intenção de entregar-te a Herodes. Mas tua misericórdia alcançou a pobre vítima e devolveste-lhe a vida para dissipar aquela calúnia que te faziam, como causador da sua morte. Pelo que houve uma grande alegria na casa do defunto. Então eu te peguei pela orelha e disse-te: não sejas imprudente, meu filho. E tu me ameaçaste desta maneira: se não fosses meu pai, segundo a carne, dar-te-ia a entender que é isso o que acabas de fazer. Sim, pois, ó meu Senhor e Deus, esta é a razão pela qual vieste em tom de juízo e pela qual permitiste que recaíssem sobre mim estes terríveis presságios. Suplico-te que não me coloques diante do teu tribunal para lutar comigo. Eis que eu sou teu servo e filho de tua escrava. Se houveres por bem romper meus grilhões, oferecer-te-ei um santo sacrifício, que não será outro senão a confissão da tua divina glória, de que tu és Jesus Cristo, filho verdadeiro de Deus e, por outro lado, filho verdadeiro do homem.
 
XVIII. AFLIÇÃO de Maria --Quando meu pai disse essas palavras, eu não pude conter as lágrimas e pus-me a chorar, vendo como a morte vinha apoderando-se dele pouco a pouco e ouvindo, sobretudo, as palavras cheias de amargura que saíam da sua boca.
 
Naquele momento, meus queridos irmãos, veio-me ao pensamento a morte na cruz que haveria de sofrer pela vida de todo mundo. Então Maria, minha querida mãe, cujo nome é doce para todos os que me amam, levantou-se e disse-me, tendo seu coração inundado na amargura:
 
- Ai de mim, filho querido! Está à morte o bom e abençoado ancião José, teu pai querido e adorado?
 
Eu lhe respondi: - Minha mãe querida, quem entre o humanos ver-se-á livre da necessidade de ter de encarar a morte? Esta é dona de toda a humanidade, mãe bendita! E mesmo tu hás de morrer como todos os outros homens. Nem tua morte nem a de meu pai José, porém, podem chamar-se propriamente morte, mas vida eterna ininterrupta. Também eu hei de passar por este transe por causa da carne mortal com a qual estou revestido. Agora, mãe querida, levanta-te e vai até onde está o abençoado ancião José para que possas ver o lugar que o aguarda lá no alto.
 
XIX. As Dores de José --Levantou-se, entrou no local onde ele se encontrava e pôde apreciar os sinais evidentes da morte que já se refletiam nele. Eu, meus queridos, postei-me em sua cabeceira e minha mãe aos seus pés. Ele fixava seus olhos no meu rosto, sem poder sequer dirigir-me uma palavra, já que a morte apoderava-se dele pouco a pouco.
 
Elevou, então, seu olhar até o alto e deixou escapar um forte gemido. Eu segurei suas mãos e seus pés durante um longo tempo e ele me olhava, suplicando-me que não o abandonasse nas mãos dos seus inimigos.
 
Eu coloquei minha mão sobre seu peito e notei que sua alma já havia subido até a sua garganta para deixar seu corpo, mas ainda não havia chegado o momento supremo da morte. Caso contrário, não teria podido agüentar mais.
 
Não obstante, as lágrimas, a comoção e o abatimento que sempre a precedem já faziam presentes.
 
XX. A Agonia --Quando minha mãe querida viu-me apalpar o seu corpo, quis ela, de sua parte apalpar, os pés e notou que o alento havia fugido juntamente com o calor. Dirigiu-se a mim e disse-me ingenuamente:
 
- Obrigada, filho querido, pois desde o momento em que puseste tua mão sobre seu corpo, a febre o abandonou. Vê, seus membros estão frios como o gelo. Eu chamei os seus filhos e filhas e lhes disse:
 
- Falai agora com o vosso pai, que este é o momento de fazê-lo, antes que sua boca deixe de falar e seu corpo fique hirto.
 
Seus filhos e filhas falaram com ele, mas sua vida estava minada por aquela doença mortal que provocaria sua saída deste mundo. Então, Lísia, filha de José, levantou-se para dizer aos seus irmãos:
 
- Juro, queridos irmãos, que esta é a mesma doença que derrubou a nossa mãe e que não voltou a aparecer por aqui até agora. O mesmo acontece com o nosso pai José, para que não voltemos a vê-lo senão na eternidade.
 
Então os filhos de José irromperam em lamentos. Maria, minha mãe, e eu, de nossa parte, unimo-nos ao seu pranto pois, efetivamente, já havia chegado a hora da morte.
 
XXI. A Morte Chega --Pus-me a olhar para o sul e vi a morte dirigir-se a nossa casa. Vinha seguida de Amenti, que é seu satélite, e do Diabo, a quem acompanhava uma multidão de esbirros vestidos de fogo, cujas bocas vomitavam fumaça e enxofre.
 
Ao levantar os olhos, meu pai deparou-se com aquele cortejo que o olhava com rosto colérico e raivoso, do mesmo modo que costuma olhar todas as almas que saem do corpo, particularmente aquelas que são pecadoras e que considera como propriedade sua.
 
Diante da visão desse espetáculo, os olhos do bom velho anuviaram-se de lágrimas. Foi neste momento em que meu pai exalou sua alma com um grande suspiro, enquanto procurava encontrar um lugar onde se esconder e salvar-se. Quando observei o suspiro de meu pai, provocado pela visão daquelas forças até então desconhecidas para ele, levantei-me rapidamente e expulsei o Diabo e todo seu cortejo. Eles fugiram envergonhados e confusos. Ninguém entre os presentes, nem mesmo minha própria mãe Maria, apercebeu-se da presença daqueles terríveis esquadrões que saem à caça de almas humanas.Quando a morte percebeu que eu havia expulsado e mandado embora as potestades infernais, para que não pudessem espalhar armadilhas, encheu-se de pavor. Levantei-me apressadamente e dirigi esta oração a meu Pai, o Deus de toda misericórdia:
 
XXII. ORAÇÃO de Jesus --- Meu Pai misericordioso, Pai da verdade, olho que vê e ouvido que ouve, escuta-me, que eu sou teu filho querido! Peço-te por meu pai José, a obra de vossas mãos. Envia-me um grande corpo de anjos, juntamente com Micael, o administrador dos bens, e com Gabriel, o bom mensageiro da luz, para que acompanhem a alma de meu pai José até que se tenha livrado do sétimo éon tenebroso, de forma que não se veja forçado a empreender esses caminhos infernais, terríveis para o viajante por estarem infestados de gênios malignos e saqueadores e por ter de atravessar esse lugar espantoso por onde corre um rio de fogo igual às ondas do mar. Sede, além disso, piedoso para com a alma de meu pai José, quando ela vier repousar em vossas mãos, pois é este o momento em que mais necessita da tua misericórdia.
 
Eu vos digo, veneráveis irmãos e abençoados apóstolos, que todo homem que, chegando a discernir entre o bem e o mal, tenha consumido seu tempo seguindo a fascinação dos seus olhos, quando chegue a hora de sua morte e tenha de libertar o passo para comparecer diante do tribunal terrível e fazer sua própria defesa, ver-se-á necessitado da piedade de meu bom Pai.
 
Continuemos, porém, relatando o desenlace de meu pai, o abençoado ancião.
 
XXIII. José Expira --Quando eu disse amém, Maria, minha mãe, respondeu na língua falada pelos habitantes do céu. No mesmo instante Micael, Gabriel e anjos, em coro, vindos do céu, voaram sobre o corpo de meu pai José.
 
Em seguida, intensificaram-se os lamentos próprios da morte e soube, então, que havia chegado o momento desolador. Sofria meu pai dores parecidas com as de uma mulher no parto, enquanto que a febre o castigava da mesma maneira que um forte furacão ou um imenso fogo devasta um espesso bosque.
 
A morte, cheia de medo, não ousava lançar-se sobre o corpo de meu pai para separá-lo da alma, pois seu olhar havia dado comigo, que estava sentado a sua cabeceira, com as mãos sobre suas têmporas.
 
Quando me apercebi de que a morte tinha medo de entrar por minha causa, levantei-me, dirigi meus passos até o lado de fora da porta e encontrei-a só e amedrontada, em atitude de espera.
 
Eu lhe disse: - Ó tu, que vens do Meio-dia, entra rapidamente e cumpre o que ordenou-te meu Pai. Porém, guarda José como a menina dos teus olhos, posto que é meu pai segundo a carne e compartilhou a dor comigo, durante os anos da minha infância, quanto teve de fugir de um lado para outro por causa das maquinações de Herodes e ensinou-me como costumam fazer os pais para o proveito dos seus filhos.
 
Então Abbadão entrou, tomou a alma de meu pai José e separou-a do corpo no mesmo instante em que o sol fazia sua aparição no horizonte, no dia 26 do mês de Epep, em paz.
 
A vida de meu pai compreendeu cento e onze anos. Micael e Gabriel pegaram cada qual em um extremo de um pano de seda e nele depositaram a alma de meu querido pai José depois de tê-la beijado reverentemente.
 
Enquanto isso, nenhum dos que rodeavam José havia percebido a sua morte, nem sequer minha mãe Maria. Eu confiei a alma do meu querido pai José a Micael e Gabriel, para que a guardassem contra os raptores que saqueiam pelo caminho e encarreguei os espíritos incorpóreos de continuarem cantando canções até que, finalmente, depositaram-no junto a meu Pai no céu.
 
XXIV. Luto na Casa de José --Inclinei-me sobre o corpo inerte de meu pai. Cerrei seus olhos, fechei sua boca e levantei-me para contemplá-lo. Depois disse à Virgem: - Ó Maria, minha mãe, onde estão os objetos de artesanato feitos por ele desde sua infância até hoje? Neste momento todos eles passaram, como se ele não tivesse sequer vindo a este mundo.
 
Quando seus filhos e filhas ouviram-me dizer isto a Maria, minha mãe virginal, perguntaram-me com vozes fortes e lamentos:
 
- Será que nosso pai morreu sem que nós nos apercebêssemos?
 
Eu lhes disse: - Efetivamente, morreu, mas sua morte não é morte, porém vida eterna. Grandes coisas esperam nosso querido pai José. Desde o momento em que sua alma sai do seu corpo, desapareceu para ele toda espécie de dor. Ele se pôs a caminho do reino eterno. Deixou atrás de si o peso da carne, com todo este mundo de dor e de preocupações, e foi para o lugar de repouso que tem meu Pai nesses céus que nunca serão destruídos.
 
Ao dizer a meus irmãos que o nosso pai José, o abençoado ancião, havia finalmente morrido, eles se levantaram, rasgaram suas vestes e o choraram durante um longo tempo.
 
XXV. Luto em Nazaré --Quando os habitantes de Nazaré e de toda a Galiléia inteiraram-se da triste nova, acudiram em massa ao lugar onde nos encontrávamos. De acordo com a lei dos judeus, passaram todo o dia dando sinais de luto até que chegou a nona hora.
 
Despedi, então todos, derramei água sobre o corpo de meu pai José, ungi-o com bálsamo e dirigi ao meu Pai amado, que está nos céus, uma oração celestial que havia escrito com meus próprios dedos, antes de encarnar-me nas entranhas da Virgem Maria.
 
Ao dizer amém, veio uma multidão de anjos. Mandei que dois deles estendessem um manto para depositar nele o corpo de meu pai José para que o amortalhassem.
 
XXVI. BÊNÇÃO de Jesus --Pus minhas mãos sobre o seu corpo e disse: - Não serás vítima da fetidez da morte. Que teus ouvidos não sofram corrupção. Que não emane podridão de teu corpo. Que não se perca na terra a tua mortalha nem a tua carne, mas que fiquem intactas, aderidas ao teu corpo até o dia do convite dos dois mil anos. Que não envelheçam, querido pai, esses cabelos que tantas vezes acariciei com minhas mãos. E que a boa sorte esteja contigo. Aquele que se preocupar em levar uma oferenda ao teu santuário no dia de tua comemoração, eu o abençoarei com afluxos de dons celestiais. Assim mesmo, a todo aquele que der pão a um pobre em teu nome, não permitirei que se veja agoniado pela necessidade de quaisquer bens deste mundo, durante todos os dias de sua vida. Conceder-te-ei que possas convidar ao banquete dos mil anos a todos aqueles que no dia de tua comemoração ponham um copo de vinho na mão de um forasteiro, de uma viúva ou de um órfão. Hei de dar-te de presente, enquanto vivam neste mundo, a todos os que se dediquem a escrever o livro da tua saída deste mundo e a consignar todas as palavras que hoje saíram de minha boca. Quando abandonarem este mundo, farei com que desapareça o livro no qual estão escritos seus pecados e que não sofram nenhum tormento, além da inevitável morte e do rio de fogo que está diante do meu Pai, para purificar toda a espécie de almas. Se acontecer que um pobre, não podendo fazer nada do que foi dito, ponha o nome de José em um de seus filhos em tua honra, farei com que naquela casa não entre a fome nem a peste, pois o teu nome habita ali de verdade.
 
XXVII. A Caminho do Túmulo --Os anciãos da cidade apresentaram-se na casa enlutada, acompanhados daqueles que procediam ao sepultamento à maneira judia. Encontraram o cadáver já preparado para o enterro. A mortalha se havia aderido fortemente ao seu corpo, como se houvessem atado com grampos de ferro e não puderam encontrar sua abertura, quando removeram o cadáver.
 
Em seguida, passou-se a conduzir o morto até seu túmulo. Quando chegaram até ele e estavam já preparados para abrir sua entrada e colocá-lo junto aos restos de seu pai, veio-me à mente a lembrança do dia em que me levou até o Egito e das grandes preocupações que assumiu por mim.
 
Não pude deixar de atirar-me sobre o seu corpo e chorar por um longo tempo, dizendo:
 
XXVIII. EXCLAMAÇÕES de Jesus--- Ó morte, de quantas lágrimas e lamentos és causa! Esse poder, porém, vem d'Aquele que tem sob o seu domínio todo o universo. Por isso tal reprovação não vai tanto contra a morte senão contra Adão e Eva. A morte não atua nunca sem uma prévia ordem de meu Pai. Existem aqueles que viveram mais de novecentos anos e outros ainda muito mais tempo. Entretanto, nenhum deles disse: eu vi a morte ou a morte vinha de tempos em tempos atormentar-me. Senão que ela traz uma só vez a dor e, ainda assim, é meu bom Pai quem a envia. Quando vem em busca do homem, ela sabe que tal resolução provém do céu. Se a sentença vem carregada de raiva, a morte também se manifesta colérica para cumprir sua incumbência, pegando a alma do homem e entregando-a ao seu Senhor. A morte não tem atribuições para atirar o homem ao inferno nem para introduzí-lo no reino celestial. A morte cumpre de fato a missão de Deus, ao contrário de Adão, que ao não submeter-se à vontade divina, cometeu uma transgressão. Ele irritou meu Pai contra si, por haver preferido dar ouvidos a sua mulher, antes de obedecer à sua missão. Assim, todo ser vivo ficou implacavelmente condenado à morte. Se Adão não houvesse sido desobediente, meu Pai não o teria castigado com esta terrível sina. O que impede agora que eu faça uma oração ao meu bom Pai para que envie um grande carro luminoso para elevar José, a fim de que não prove das amarguras da morte e que o transporte ao lugar de repouso, na mesma carne que trouxe ao mundo, para que ali viva com seus anjos incorpóreos? A transgressão de Adão foi a causa de sobreviverem esses grandes males sobre a humanidade, juntamente com o irremediável da morte. Embora eu mesmo carregue também esta carne concebida na dor, devo provar com ela da morte para que possa apiedar-me das criaturas que formei.
 
XXIX. O Enterro --Enquanto dizia essas coisas, abraçado ao corpo de meu pai José e chorando sobre ele, abriram a entrada do sepulcro e depositaram o cadáver junto ao de seu pai Jacob. Sua vida foi de cento e onze anos, sem que ao fim de tanto tempo um só dente tivesse estragado em sua boca ou sem que seus olhos se tornassem fracos, senão que todo o seu aspecto assemelhava-se ao de um afetuoso menino.
 
Nunca esteve doente, senão que trabalhou continuamente em seu ofício de carpinteiro, até o dia que sobreveio a doença que haveria de levá-lo ao sepulcro.
 
XXX. CONTESTAÇÃO dos Apóstolos--Quando nós, os apóstolos, ouvimos tais coisas dos lábios de nosso Salvador, pusemo-nos em pé, cheios de prazer e passamos a adorar suas mãos e seus pés, dizendo com o êxtase da alegria:
 
- Damos-te graças, nosso Senhor e Salvador, por te haveres dignado a presentear-nos com essas palavras saídas de teus lábios. Mas não deixamos de admirar, ó bom Salvador, pois não entendemos como, havendo concedido a imortalidade a Elias e a Enoch, já que estão desfrutando dos bens na mesma carne com que nasceram, sem que tenham sido vítimas da corrupção, e agora, tratando-se do bendito ancião José, o Carpinteiro, a quem concedeste a grande honra de chamá-lo teu pai e de obedecê-lo em todas as coisas, a nós mesmos nos encarregaste: quando fordes revestidos da mesma força, recebereis a voz de meu Pai, isto é, o Espírito Paráclito, e sereis enviados para pregar o evangelho e pregai também ao querido pai José. E ainda: consignai estas palavras de vida no testamento de sua partida deste mundo e lê as palavras deste testamento nos dias solenes e festivos e quem não tiver aprendido a ler corretamente, não deve ler este testamento nos dias festivos. Finalmente, quem suprimir o adicionar algo a estas palavras, de maneira a fazer-me embusteiro, será réu de minha vingança. Admira-nos, repetimos, aquele que, havendo chamado teu pai segundo a carne, desde o dia em que nasceste em Belém, não lhe tenhas concedido a imortalidade para viver eternamente.
 
XXXI. Resposta de Jesus
 
Nosso Salvador respondeu, dizendo-nos: - A sentença pronunciada por meu Pai contra Adão não deixará de ser cumprida, já que este não foi obediente aos mandamentos. Quando meu Pai destina a alguém ser justo, este vem a ser imediatamente o seu eleito. Se um homem ofende a Deus por amar as obras do demônio, acaso ignora que um dia virá a cair em suas mãos se seguir impenitente, mesmo se lhe concederem longos dias de vida? Se, ao contrário, alguém vive muito tempo, fazendo sempre boas obras, serão exatamente elas que o farão velho. Quando Deus vê que alguém segue o caminho da perdição, costuma conceder-lhe um curto prazo de vida e o faz desaparecer na metade dos seus dias. Quanto aos demais, hão de ter o exato cumprimento das profecias ditadas por meu Pai acerca da humanidade e todas as coisas hão de suceder de acordo com elas. Haveis citado o caso de Enoch e Elias. Eles, dizeis, continuam vivendo e conservam a carne que trouxeram a este mundo. Por que, então, em se tratando de meu pai, não lhe permiti conservar seu corpo? Então eu digo que, mesmo que houvesse chegado a ter mais de dez mil anos, sempre incorreria na mesma necessidade de morrer. Mais ainda, eu asseguro que sempre que Enoch e Elias pensam na morte, desejariam já havê-la sofrido a verem-se assim, livres da necessidade que lhes é imposta, já que deverão morrer num dia de turbação, de medo, de gritos, de perdição e de aflição. Pois haveis de saber que o Anticristo há de matar esses homens e de derramar seu sangue na terra como água de um copo por causa das incriminações que lhe imputarão, quando os acusarem.
 
XXXII. Epílogo --Nós respondemos, dizendo:
 
- Nosso Senhor e Deus, quem são esses dois homens, dos quais disseste que o filho da perdição matará por um copo de água?
 
Jesus, nosso Salvador e nossa vida, respondeu:
 
- Enoch e Elias. Ao ouvir essas palavras da boca de nosso Salvador, se nos encheu o coração de prazer e de alegria. Por isso lhe rendemos homenagens e graças como nosso Senhor, nosso Deus e nosso Salvador, Jesus Cristo, por meio de quem vão para o Pai toda a glória e toda a honra juntamente com Ele e com o Espírito Santo vivificador, agora, por todo o tempo e pela eternidade das eternidades.

[1] Epep era o mês copta que ia de 25 de junho a 24 de julho. Assim sendo, a data citada corresponde ao dia 20 de julho.
 
[2] Salomé foi a parteira que acompanhou a sagrada família ao Egito. Para maiores detalhes, leia o Proto-Evangelho de Tiago.

Frases sobre o Cristianismo

Pesquisar este Blog

Administração BDBG Nosso intuito:

Administração BDBG Nosso intuito:
O QUE É, COMBATENDO CONTRA AS APOSTASIAS E HERESIAS NO FIM DOS TEMPOS: Não é rebelião contra líder nem guerra contra denominação, mas mudança de visão e atitude. É a luta pela prática sincera dos verdadeiros ensinamentos do SENHOR JESUS CRISTO. “...Sabendo que fui posto para defesa do evangelho. Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com fingimento ou em verdade, nisto me regozijo, e me regozijarei ainda” (Filipenses 1.17-18). SÓ QUEREMOS LEVAR A VERDADE DA SÃ DOUTRINA DO EVANGELHO ATÉ VOCÊ.

Versículos bíblicos

Falando a verdade,a este sistema religioso atual

Devemos sempre dizer a verdade,a este sistema religioso atual,e corrupto de entendimento!

Versículos Bíblicos para não cairmos nos mesmos erros!

Administração BDBG Esclarecimento:

Administração BDBG Esclarecimento:
Assim como eu, este blog não é ligado a qualquer denominação ou organização religiosa. Costumo me reunir somente ao nome do Senhor fora do sistema denominacional e clerical,LIVRE DO SISTEMA RELIGIOSO PARA SERVIR AO SENHOR JESUS.Não queremos, de nenhuma forma, ofender, difamar, atacar ou magoar alguém ou qualquer religião, denominação, seita, ordem, instituição, etc. Tão pouco incitar pessoas a violência, atos de vandalismo ou coisa parecida. Também não representamos qualquer partido político. este blog é apolítico. Neste espaço nós não representamos qualquer denominação. Enfim, queremos apenas propagar a verdade que conhecemos através do estudo SINCERO da palavra de Deus e de experiências compartilhadas. Ajudar aquelas pessoas que estão sendo levado por ventos de doutrinas, tradicionalismo, religiosidade, rituais, ocultismo, esoterismo, a conhecerem a verdadeira LIIBERDADE. Qualquer duvida acesse o meu Imail. david-b-m@hotmail.com Clique na imagem para saber mais.

Administração BDBG Nosso objetivo !

Atenção: esse é um blog evangélico. Nosso objetivo é pregar o evangelho; assuntos tratados aqui como Nova Ordem Mundial, vergonhas gospel,Maçonaria e etc... São apenas para se opor as duas coisas. Entenda que essas postagens existem apenas para se opor a pastores maçons,e pessoas que não procedem conforme a sã doutrina, e lhe mostrar algumas coisas erradas que ocorrem na "igreja"e no mundo. Só Jesus Cristo pode te livrar da Nova Ordem Mundial que ocorrerá DEPOIS DA VOLTA DELE. Ou você mesmo acredita que Deus permitiria uma Nova Ordem Mundial com o Espírito Santo aqui? Não acredite em sites ou em pessoas que falam de NOVA ORDEM MUNDIAL e que negam a Deus! Ninguém sabe quando ocorrerá tais eventos - aceite a Jesus no fundo do coração. O trabalho desse site é que você aceite a Jesus do coração e faça parte de sua Igreja e não no enorme engano espiritual que muitos que não sabem nem sobre maçonaria alegam por aí. Leia Salmos. 2:1 ao10 para saber sobre conspiração. Leia Lucas. 21:5 ao 38 para saber o que será a "nova ordem mundial". As informações aqui apresentadas são apenas para que você saiba que Satanás está atrás das coisas - mas informações de coisas subliminares não tem valor algum se a pessoa não crer em Jesus como seu Salvador.

Fiz-me acaso vosso inimigo, dizendo a verdade?
Gálatas 4:16

Qualquer duvida acesse o meu Imail.

david-b-m@hotmail.com

Administração BDBG Esclarecimento:

Esclarecimento

Esclarecimentos: Alguns conteúdos deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, pelas postagens do nosso irmão Mario Persona,portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações. Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas, e também as postagens servem apenas como exemplos de conduta,e também para adquirir conhecimentos, e não sugeri qualquer ingerência de cristãos na política e na sociedade, no sentido de exigir que as pessoas sigam os preceitos bíblicos.

O administrador é favorável à livre expressão, e inda que seu entendimento da Bíblia em algumas postagens possa conflitar com a opinião de alguns, defende o respeito às pessoas de diferentes crenças e estilos de vida. A opção "Comentários" foi desligada, não por causa das opiniões contrárias, mas de opiniões que pareciam favoráveis mas que tinham o objetivo de fazer propaganda de alguma ''igreja'' ou religião,ou crenças pessoais, induzindo os leitores ao erro.

Qualquer duvida acesse o meu Imail.

david-b-m@hotmail.com

Translate

Comunicado do Administrador

O que esperamos é a volta de Jesus!

Este é um site de informação, e de noticias do mundo gospel, Temos o intuito de só informar os fatos. Nosso alvo sempre foi, e sempre será, uma confissão de nossa crença e nossa fé , e de total agradecimento de nossa salvação em Cristo Jesus. Os assuntos mostrados em nossas postagens como: Maçonaria,Iluminatis,fins dos tempos,vergonhas gospel,sobre os anjos e outros,são apenas para adquirir conhecimentos no assunto,sugerimos aos nossos leitores ,não focarem suas expectativas em assuntos que desvirtuam o alvo da nossa esperança que está na volta de Jesus Cristo e no arrebatamento de sua santa e imaculada igreja,que foi comprada com seu sangue na cruz. Nós só mostramos as postagens para o exemplos de conduta,para não cairmos nas mesmas heresias,sugerimos aos leitores que após terem lidos as postagens,orarem pelos que estão fazendo os escândalos e heresias, para que Deus use também de misericórdia para com eles,e que possam ter uma chance de se arrependerem em quanto a tempo. Lembrando o que o estamos esperando é a volta de Jesus.


Perguntas e espostas

Esclarecimentos: Alguns conteúdos deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, pelas postagens do nosso irmão Mario Persona,portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações.Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas.

Conheça mais sobre este assunto:


David Bezerra 28-05-2012

Não compactuando com os homens corruptos de entendimentos da palavra.

Os homens (lideres religiosos)corruptos de entendimento fazem completamente o contrário, do que está escrito em, I TESSALONICENSES 2 :3 ao 9

Não compactuando com os homens corruptos de entendimentos da palavra.
I TESSALONICENSES 2 :3 ao 9 - 3 Porque a nossa exortação não foi com engano, nem com imundícia, nem com fraudulência(abuso de confiança); 4 Mas, como fomos aprovados de Deus para que o evangelho nos fosse confiado, assim falamos, não como para agradar aos homens, mas a Deus, que prova os nossos corações. 5 Porque, como bem sabeis, nunca usamos de palavras lisonjeiras(de bajulações), nem houve um pretexto de avareza(apego ao dinheiro); Deus é testemunha; 6 E não buscamos glória dos homens, nem de vós, nem de outros, ainda que podíamos, como apóstolos(enviados) de Cristo, ser-vos pesados; 7 Antes fomos brandos entre vós, como a ama que cria seus filhos. 8 Assim nós, sendo-vos tão afeiçoados, de boa vontade quiséramos comunicar-vos, não somente o evangelho de Deus, mas ainda as nossas próprias almas; porquanto nos éreis muito queridos. 9 Porque bem vos lembrais, irmãos, do nosso trabalho e fadiga; pois, trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós, vos pregamos o evangelho de Deus.

Traduza com Bandeiras

De qual Igreja você é? Excelente Conversação! (Fictícia)

De qual Igreja você é? Excelente Conversação! (Fictícia)
Sempre sou confrontado com uma Pergunta, que na realidade gera uma "Avalanche" de outras mais. Tenho que respondê-las quase que diariamente, mostrando qual o Fundamento da minha fé. Perco hoje mais tempo explicando o que não é Evangelho do que o que realmente é O Evangelho de Cristo(Infelizmente). Este Artigo traz uma Excelente Conversação(Fictícia) Produzida pelo Ir. Solimar entre um Cristão DENOMINACIONALISTA e outro que deixou o Sistema Religioso. São abordadas Várias Perguntas tais como: "De qual Igreja ou Denominação você é?" "Você Congrega onde?" "Isso é Ecumenismo?" "Onde Fica a Liderança? Os Títulos?" "Onde está a Hierarquia na Igreja?" Entre outros... Clique na imagem, Vale à Pena Conferir!

Salvem nossos Mestres ! 1,2,3

Salvem nossos Mestres ! 1,2,3
Muitos ainda fazem de tudo para defender esses homens corruptos de entendimento da verdade e cheios de heresias, como se eles fossem especiais e superiores,acham que são mediadores entre Deus e o homem, defendendo hierarquias dentro do que dizem ser ''igrejas'',vale a pena conferir estas postagens,e avaliar qual lado está falando a verdade nas escrituras.Clique na imagem para saber mais,e ir para as postagens

DESFAZENDO A MENTIRA QUE A NOSSA CARNE É O DIABO

BLOG DO DAVID BEZERRA GOSPEL: DESFAZENDO A MENTIRA QUE A NOSSA CARNE É O DIABOhttp://blogdodavidbezerragospel.blogspot.com/

Os membros da seita, salvo sempre salvo,(sss)dizem que satanás, o diabo não existe,dizem que o mesmo é nossa carne,você acredita nisso? Eu também não! Por isso é que vamos analisar com cuidado este estudo, com as escrituras sagradas,e desfazer essa mentira que a nossa carne é o diabo.Leia mais...

Assuntos que o sistema religioso não quer que você saiba

Assuntos que o sistema religioso não quer que você saiba
Clique na imagem para saber mais sobre o dizimo

Siga me no twitter

Compartilhe!

ANUNCIAI E PROCLAMAI !

ANUNCIAI E PROCLAMAI !

ANUNCIAI E PROCLAMAI ! leia esta postagens super interessante! que relata,como nós devemos confrontar a verdade do evangelho,a esse mundo, que tanto profana o santo, e santifica o profano!!!
Não há justiça, se não haver servidão à Jesus, Não há servidão, se não houver submissão à Jesus
Não há submissão, se não houver redenção à Jesus
Não há redenção, se não houver abandono dos pecados!
Muitas vezes ou até na maioria delas,guando evangelizamos, ouvimos das pessoas, Expressões e tais argumentações, como ___’eu já conheço Jesus’, ’eu já tenho Jesus no coração’, ’Jesus também te ama’ e etc... Todos falados com um certo tom de ironia(certo que muitos também recebe a evangelização com carinho e respeito).Leia mais>>>>

O Significado da Palavra Shekinah. Shekiná, Shekináh, Você Sabia?

O Significado da Palavra Shekinah. Shekiná, Shekináh, Você Sabia?

O objetivo deste trabalho é esclarecer de forma documentada qual é o real significado dessa palavra SHEKINÁH que tem sido amplamente usada nos meios evangélicos e a quem ele realmente se refere no contexto do idioma hebraico e do misticismo judaico.Leia mais

CAMPANHA'' DIGA NÃO AOS PASTORES MAÇONS''

CAMPANHA'' DIGA NÃO AOS PASTORES MAÇONS''

CAMPANHA'' DIGA NÃO AOS PASTORES MAÇONS'' entre nessa briga,não deixe de ler,estas verdades,nesta postagem "CAMPANHA'' DIGA NÃO AOS PASTORES MAÇONS'' NOSSO BLOG LEVANTA A BANDEIRA DA RESISTÊNCIA PELA LIMPEZA DOS PÚLPITOS BRASILEIROS! NÃO QUER..."Leia mais>>>>

Construções Sinistras pelo mundo: Pedras Guias da Geórgia

Construções Sinistras pelo mundo: Pedras Guias da Geórgia

Construções Sinistras pelo mundo: Pedras Guias da Geórgia
POSTAGENS QUE ESCLARECE,MUITAS COISAS SOBRE
A NOSSA SOCIEDADE
NÃO DEIXE DE LER!
Construções Sinistras pelo mundo: Pedras Guias da Geórgia As Pedras guias da Geórgia formam um misterioso monumento em que estão esculpidos os dez "mandamentos" para uma "Nova Idade da Razão". Qual o primeiro mandamento? Manter a população mundial com menos de 500 milhões de pessoas. Outro fato sinistro: os autores do que hoje chamamos de '' ''o Stonehenge americano'' ainda são um "mistério" ... exceto para aqueles que o conhecem. Vamos olhar para as diversas características do monumento, a sua mensagem pedindo uma Nova Ordem Mundial e explicar como é o trabalho de uma sociedade secreta ocultista. Leia mais>>>>

Siga me no dihitt

O EVANGELHO SENDO CONFUNDIDO COM COMÉRCIO

O EVANGELHO SENDO CONFUNDIDO COM COMÉRCIO

Se você acha que o evangelho de Cristo,não deve ser utilizado
como comercio,leia essa postagem,e confirme com as escrituras
sagradas,você vai ser surpreender com tantas verdades!!
O que posso dizer nas linhas desse estudo bíblico, e que o Espírito Santo,confirma, digo isso sem medo de errar, é que o evangelho (boas novas do ide de Jesus) é coisa muito séria e santa, para que as pessoas em um modo geral façam dele meios de lucros, em todos os sentidos. E se falar a verdade sem mistura na base da sã doutrina, é causar inimizade para muitos, é que o tal não tem o Espírito de Deus, para instruí-lo na verdade. Agora análise comigo, se não é o que está acontecendo com muitos nas igrejas (comunidades evangélicas)hoje em dia,muitos esqueceram que é só o Espírito Santo é quem dirige e instrui a igreja de Cristo, numa unidade.Leia mais>>>>
Ocorreu um erro neste gadget

compartilhe !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Widget

CAMERA

Visitas-Mundo-Desde 5-07-2011

Tempo - Visitas Mundo

TERMOS DE USO

CONDIÇÕES E TERMOS

PERMISSÃO DE USAR OS ESTUDOS

Não há copyright em nenhum dos estudos disponibilizados neste site. Assim todos têm a permissão de copiar, imprimir, divulgar e distribuí-los livremente.

Peço a gentileza cristã, no caso de publicação de qualquer estudo bíblico deste site, que conserve o estudo integral, cita o nome do autor e dessa página como fonte (http://blogdodavidbezerragospel.blogspot.

com.br/).

Não é permitido a venda de qualquer destes estudos pois estão expostos neste site na mesma maneira que foram recebidos, ou seja, grátis.

Siga me por Imail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Estou no Sonico

Rede social:Blogueiros Evangelicos

Rede social: SINCEROS

Google+

As mais votadas no Dihitt

Imagens com dizeres

Imagens com dizeres
Nestas imagens,você encontrará respostas para suas perguntas,são as mais pura verdades,respondendo as suas dúvidas e algumas ainda vem recheadas de humor,vale apena dar uma conferida !

Faço minhas essas palavras.

ESTÁ ESCRITO

"E até importa que haja entre vós HERESIAS, para que os que são SINCEROS SE MANIFESTEM ENTRE VÓS." I aos Coríntios 11:19

SIMCEROS é um site destinado às manifestaçõs dos SINCEROS, para levar conhecimentos aos membros da Igreja de Cristo. Geralmente estas informações são PROIBIDAS dentro de muitas igrejas que estão sob o jugo de satanás, pois pregam somente o que ele deixa pregar.

Mateus 5: 10-12 Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.

Jó 4: 7 Lembra-te agora qual é o inocente que jamais pereceu? E onde foram os SINCEROS DESTRUÍDOS?

João 8: 32 Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. (Quem nos dá a liberdade é Jesus Cristo, pois ELE é a verdade e o grande libertador.)

JOÃO 18: 20 Jesus lhe respondeu: Eu falei ABERTAMENTE ao mundo; eu sempre ensinei na sinagoga e no templo, onde os judeus sempre se ajuntam, e NADA DISSE EM OCULTO.

Provérbios 3: 32 Porque o perverso é abominável ao SENHOR, mas com os SINCEROS ele tem intimidade.

Filipenses 1: 10 Para que aproveis as coisas excelentes, para que sejais SINCEROS, e sem escândalo algum até ao dia de Cristo.

Filipenses 2: 15 Para que sejais irrepreensíveis e SINCEROS, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo;

Jesus Cristo foi e continua SINCERO. A igreja de Cristo vive tudo abertamente e não tem nada de ocultismo. O PAI ESTÁ PROCURANDO os verdadeiros adoradores, aqueles que o adoram em ESPÍRITO E EM VERDADE. O engano e a falta de conhecimento escravizam o povo.

No SIMCEROS.ORG, a Sincera Igreja Manifesta está tentando corrigir esta falta grave na vida da igreja de Cristo, dando oportunidade aos discriminados e até perseguidos em suas famílias, igrejas, cidades e no mundo.

SIMCEROS, SIM. Por que não?

Graça e Paz da parte do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Dr José Renato Pedroza

Esclarecimento Sobre a Sã Doutrina

Guando um Cristão,é confiante na sã doutrina,ele não julga ninguém,mas leva as pessoas a luz das escrituras,essa sim,mostra o verdadeiro significado e os erros cometidos por homens,denominações,religiões,seitas e heresias.
O verdadeiro Cristão,deve falar ou mostrar tudo que não corresponde na palavra de Deus,não no intuito de julgar,mas sim em mostrar os erros.
Os mesmos devem respeitar os pensamentos alheios.uma coisa que devemos fazer sempre é dizer a verdade,mesmo que esta pessoa não aceite de bom grado,e até mesmo para aqueles que professam o evangelho, mas deixa ser levado por várias doutrinas estranhas,e não pela sã doutrina, já dita pelo enviado(apóstolo)Paulo em Efésios4:14 que diz:Para que não sejamos mais meninos inconstantes,levados em roda por todo o vento de doutrina,pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.
E em,1Timóteo.6:3 e 5 que diz:Se alguém ensina alguma outra doutrina,e se não comforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo,e com a doutrina que é segundo a piedade,É soberbo,e nada sabe,mas delira acerca de questões e contendas de palavras,das quais nascem invejas,porfias,blasfemas,ruis suspeitas
Contendas de homens corruptos de entendimentos,e privados da verdade,cuidando que a piedade seja causa de ganho:aparta-te dos tais.
Devemos dizer a verdade sempre para o nosso próximo,veja mais o que diz Paulo em Gálatas.4:16 - Fiz me acaso vosso inimigo,dizendo a verdade. E em Efésios.4:25 -Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros. David Bezerra.

Esclarecimento sobre o Julgar

A VERDADE & O JULGAMENTO

O JULGAR PELO DICIONÁRIO

julgar[Do lat. judicare.]
Verbo transitivo direto.
1.Decidir como juiz ou árbitro:

julgar uma pendência.2.Dar sentença, sentenciar.3.Supor, imaginar, conjeturar:

Os tiranos julgam que o mundo é imutável.4.Formar opinião sobre; avaliar:
Não se deve julgar o que não se conhece.

FOI DESSA MANEIRA QUE JESUS PEDIU PARA NÃO JULGAR-MOS,COMO SE FOSSEMOS JUIZ,E SE ESQUECENDO DOS NOSSOS ERROS.VEJA EM MATEUS.7:1 e2 QUE DIZ:1 NÃO julgueis, para que não sejais julgados.2 Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.

POVO DE DEUS ENTENDA, DIZER A VERDADE PELA ESCRITURA SAGRADAS, NÃO É JULGAR NINQUÉM, TANTO QUE JESUS NÃO JULGOU OS ESCRIBAS E FARISEUS. MAS, DISSE SOMENTE A VERDADE PELA PALAVRA. VEJA JOÃO. 8:45 AO 47 -45 Mas, porque vos digo a verdade, não me credes.46 Quem dentre vós me convence de pecado? E se vos digo a verdade, por que não credes?47 Quem é de Deus escuta as palavras de Deus; por isso vós não as escutais, porque não sois de Deus.

VEJA TAMBÉM EM JOÃO.12:47 e 48 QUE DIZ:47 E se alguém ouvir as minhas palavras, e não crer, eu não o julgo; porque eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo.48 Quem me rejeitar a mim, e não receber as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o há de julgar no último dia.

DIZER A VERDADE, DOÍ MUITO NAQUELES QUE NÃO QUEREM OUVIR,E ENTENDEM COMO JULGAMENTO,MAS QUEM O JULGA É AS ESCRITURAS SAGRADAS.VEJA EM GALATAS. 4: 16 QUE DIZ: 16 Fiz-me acaso vosso inimigo, dizendo a verdade?

I Timóteo.6:3 ao 5 também diz:3 Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade,4 É soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas,5 Contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais.

HAVEREMOS DE JULGAR O MUNDO UM DIA, PELA PALAVRA DE DEUS,QUANTO MAIS AS COISAS PERTENCENTES A ESTA VIDA,VEJA EM 1 CORINTIOS.6:2 E 3 QUE DIZ: 2 Não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo deve ser julgado por vós, sois porventura indignos de julgar as coisas mínimas?3 Não sabeis vós que havemos de julgar os anjos? Quanto mais as coisas pertencentes a esta vida?

POR ISSO SEMPRE DEVEMOS FALAR A VERDADE, AOS QUE ANDAM ERRADOS NAS ESCRITURAS, E PENSAM QUE OS JULGAMOS, MAS QUEM OS JULGA, É A PALAVRA VEJA EMEFÉSIOS. 4:25 QUE DIZ: 25 Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros.

VEJA TAMBÉM EM 2 CORINTIOS 4:2 QUE DIZ: 2 Antes, rejeitamos as coisas que por vergonha se ocultam, não andando com astúcia nem falsificando a palavra de Deus; e assim nos recomendamos à consciência de todo o homem, na presença de Deus, pela manifestação da verdade.

Conclusão: O administrador quer passar aos visitantes deste blog,uma critica construtiva para todos aqueles que querem viver na verdade da luz do evangelho de Cristo Jesus.

Sabendo que: para os que querem viver de heresia,e nas mentiras,as postagens e os videos irão produzir uma critica destrutiva para estes.

Deixando bem claro que o nosso objetivo é falar das boas novas (evangelho) de Cristo Jesus,e que devemos se preocupar exclusivamente com isto,por que o nosso alvo é a volta de Jesus,fora disso não tem motivo algum, as postagens que estão expostas somente como alerta e noticias do mundo gospel, e do sistema religioso.

David Bezerra

Pecado,diga sempre não !

Pecado,diga sempre não !

Logo cubo do blog

Slides das postagens

Carregando...

Vídeos: O evan 3 min.

Vídeos: O evan 3 min.
Assista no blog,Assista agora,clique na imagem!

Postagens: Seitas e Heresias

Postagens: Seitas e Heresias
Clique na imagem, para ler as postagens!

Postagens: Perguntas e Respostas

Postagens: Perguntas e Respostas
Clique na imagem,para ler as postagens agora!

Perguntas e espostas

Perguntas e espostas
todas as postagens,de perguntas e respostas,do irmão Mario Persona,clique na imagem para ir ao site!

Blogues que recomendo

Noticias Gospel

Leia Gospel +

Púlpito Cristão

Pulpito Cristão

A new wineskin

Spirit on line tv

Evangelho sem contaminação

Evangelizando c/ Imagens (Facebook)

Evangelizando c/ Imagens (Facebook)
Curta minha pagina e compartilhe imagens gospel na linha do tempo do seu Facebook,para ir clique na imagem

Evangelizando c/ Imagens Google +

Evangelizando c/ Imagens Google +
Compartilhe em minha pagina, imagens gospel para colocar no stream do seu Google+,para ir clique na imagem

Blog Evangelizando c/ Imagens

Blog Evangelizando c/ Imagens
Pegue no Blog imagens gospel para colocar nas suas redes sociais,para ir clique na imagem

Bíblias

O evan 3 min mp3

O evan 3 min mp3
Baixe todos os arquivos em mp3,clique na imagem para ir ao blog do irmão Mario Persona!

Vídeos_O evan 3 min.

Vídeos_O evan  3 min.
Assista todos os vídeos,clique na imagem para ir ao blog do irmão Mario Persona!

Bíblias,dicionários,enciclopédias,etc..

Bíblias,dicionários,enciclopédias,etc..
clik na imagem para ir no biblos

Dicionário Bíblico

Dicionário Bíblico
CLIK NA IMAGEM PARA IR AO DICIONÁRIO,GREGO LÉXICO PORTUGUÊS

Site do David Bezerra Gospel

Site do David Bezerra Gospel
Faça uma visita!!!!

Meu blog de psicologia

google-site-verification: googlef3b01c83c98541ab.html