Blog

Blog
Bem vindo ao nosso site Este espaço é totalmente voltado,para o nosso Deus,aqui vamos conhecer as verdades das escrituras sagradas,vamos conhecer o verdadeiro sentido que existe nas boas novas,boas noticias (evangelho) sem mistura de Cristo Jesus, vamos conhecer que os homens corruptos de entendimento estão destruindo o verdadeiro sentido deste evangelho.Aqui falamos a verdade,não acusamos ninguém,e não os julgamos também,mas os levamos a luz da palavra,é ela quem os julga,só estamos mostrando aos leitores os contraste das coisas.E para aqueles que querem viver na verdade das escrituras,e até hoje não compreenderam o que Jesus disse,sobre, o amar a Deus sobre todas as coisas e o próximo como a ti mesmo, este espaço é um grande encontro para este leitor , o mesmo poderá entender que as vezes colocamos nossa religião,nossa denominação,os lideres religiosos, nossos bens materiais,e o nosso eu,como: egoismo,orgulho,falta de caráter,e de personalidade; Acima de Deus,e aí não poderemos jamais amar a Ele,nem o nosso próximo como deveríamos. Confira tudo isso nos nossos anúncios de postagens, e pelas nossas páginas. Sejam todos bem vindos!!!

Gostou deste site?então participe!

Total de visualização de páginas

Postagens recentes

Postagens populares

Slides das Postagens

Postagens em destaques

http://blogdodavidbezerragospel.blogspot.com/. Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

Postagens deste blog

Top 10 Postagens

Postagens

Feed/RSS
Carregando...
Post recentes do meu blog >>

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Manual Para Fechar Sua Igreja Para Sempre


 Manual Para Fechar Sua Igreja Para Sempre

Igrejas à imagem de Satanás


E imagine que existe uma Igreja satânica em sua cidade. Embora eles nunca fizeram nada abertamente satânico que você está ciente de alguns membros da comunidade do entorno se sentem desconfortáveis com essa igreja existente, e quer que eles se desligue.
Os membros da igreja alegam que têm o direito de existir, tanto quanto qualquer igreja, e iniciaram uma campanha de relações com a comunidade para melhorar a sua imagem pública. Eles mudam o nome para "A Igreja da Esperança Um Mundo".
Seus serviços começam a copiar os típicos de uma igreja cristã. 
Reúnem-se em manhãs de domingo. Eles cantam canções. Eles ouvem um sermão incentivo por um de seus líderes. Eles até mesmo começar a "proximidade" de programas para a comunidade. Eles hospedar um programa pós-escolar para crianças e colocam voluntários para baixo no abrigo. Alguns de seus membros servem em conselhos escolares e outro fica eleito para o conselho da cidade.

Aos poucos, as vozes de protesto desaparecer, e ao longo do tempo, as pessoas esquecem que a igreja tinha origens satânicas. A igreja é aceito entre os outros grupos religiosos na comunidade, e permitido à conviver com eles. Por um tempo, a igreja na verdade se torna a igreja mais proeminente na comunidade. Tem o maior edifício, a maioria das pessoas, e o maior orçamento. Ele ganha o poder, a proeminência e autoridade. Nada, aparentemente, pode retardar seu crescimento.

Como você responderia a tal igreja?
O que você pensa sobre a sua existência?
Quer esperar e rezar para essa igreja para fechar?
A chocante verdade é que tais igrejas, de fato, existe na maioria de nossas comunidades. Não percebemos que eles estão  porque essas igrejas não são satânicas. Eles não estão escondidos da vista, e muitos de nós podedirigir por essa igreja todos os dias no nosso caminho para o trabalho ou quando pegamos as crianças da escola.Muitos de nós temos amigos que vão para essas igrejas. Alguns de nós até mesmo participa de uma. 
A
 igreja que eu descrevi acima pode ser a sua igreja.

Não estou condenando qualquer forma ou denominação particular de fazer igreja como "satânicos". Minha preocupação é muito mais básico do que isso e não se concentra numa forma de igreja, mas sobre a instituiçãoda "igreja" em si.

Quase todas as igrejas, não importa qual denominação, não importa quão grande ou pequeno, adotou certos valores, práticas e objetivos que não seguem o caminho de Jesus, mas a maneira de Satanás.


Creio, porém, que ao longo dos anos, algumas práticas foram adotadas e os elementos de ter havido em que não só são contrárias à Bíblia, mas são contrários a Jesus Cristo, Sua vida e Sua mensagem. Estas práticas e elementos tornaram-se tão normal e aceite no seio do cristianismo que acreditamos que eles são, "de Jesus", ou "pelo Espírito Santo" quando eles não são. Sua fonte é enganadora em si mesma. De certa forma, "igreja", tornou-se mais como Satanás do que como Jesus. No entanto, essas práticas se tornaram tão arraigadas na "igreja" que qualquer tentativa de separá-los resulta em raiva e ressentimento em massa. 

Aqueles que soar o alarme são acusados de tentar destruir a igreja.
Antes de quaisquer suposições são desafiadas, a premissa deve ser defendida. É verdade que a igreja tem sido influenciada por elementos satânicos e valores?Como pode ser isso, quando tudo o que a Igreja está do lado opõe-se ao diabo e suas obras?

Como a Igreja Satanizou-se?
No auge da criação, Deus criou Adão e Eva. Eles receberam autoridade sobre a terra, para cuidar das plantas e animais, e se multipliquem sobre a terra. Mas Satanás, na forma de uma serpente, foi também no jardim.Satanás questionou Eva, desafiou as instruções e inteligência de Deus, e, finalmente, enganou-a a comer do fruto da Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal. Como resultado, eles trouxeram a morte a si mesmos, uma maldição sobre a criação, e entregou o domínio sobre a terra de Satanás.Para os próximos milhares de anos, a história das Escrituras revela uma luta constante entre os planos de Deus e as perversões de Satanás. Deus coloca algo no lugar, e as torções de Satanás perverte-lo de forma que, enquanto ele ainda lembra o plano original, que realiza exatamente o oposto da intenção de Deus. 
Eventualmente, o novo Adão, Jesus Cristo, entra na história. 
Entre outras coisas, ele chega a ganhar de volta o domínio. 
Satanás usa contra Jesus os mesmos métodos e táticas mesmo usava, com Adão e Eva. Ele questiona a palavra de Deus e desafia a autoridade de Deus. E, finalmente, Satanás traz três tentações antes de Jesus. De acordo com Lucas 4:1-13, a primeira tentação de Jesus foi para satisfazer Sua fome por transformar pedras em pães. 
Na segunda, Satanás prometeu dar autoridade sobre as nações para Jesus, se Jesus que Satanás simplesmente adorar. 

Por fim, Jesus foi tentado realizar um grande milagre aos olhos dos fiéis no templo, atirando-se do pináculo do templo para que anjos de resgate antes que ele atingiu o solo.
As tentações não foram apenas as tentativas de Satanás para obter Jesus a fazer algo contrário à vontade de Deus. 
Na superfície das tentações, não há nada abertamente "pecaminoso" sobre elas.
Satanás não estava pedindo a Jesus para matar alguém ou cometer adultério. 
Afinal, se Jesus está com fome, e Ele tem o poder de fazer as pedras em pão, qual é o mal? 
Mais tarde, nos Evangelhos, Jesus transforma água em vinho numa festa e se multiplica cinco pães e dois peixes para alimentar uma multidão faminta. É esta primeira tentação é tão diferentes? 

Se Jesus podia multiplicar peixes e pães para alimentar os famintos, e transformar água em vinho para dar a mais pessoas a beber, qual é o problema em transformar algumas pedras em pão para satisfazer a sua própria fome?
Os mesmos dilemas existem com as próximas duas tentações. Um dos objetivos de Jesus foi para recuperar a autoridade sobre as nações do mundo. E agora isso estava sendo oferecido a ele. Finalmente, durante o seu ministério, Jesus realizou muitos milagres aos olhos dos povos, e um dos motivos era para que eles pudessem reconhecê-Lo como o Messias. 
Qual é o problema com mais um?
Por fim, as tentações não são sobre a ação que Satanás sugere.Eles são realmente muito todas as ações boas e nobres. 

Caindo em tentação - Vamos dominar o mundo


Se Jesus fosse um pragmático - se os fins justificam os meios - então não haveria nada para impedir Jesus de fazer tudo o que Satanás queria.
Mas Jesus sabia que a vontade de Deus deve ser feito no caminho de Deus. 
E ele também sabia que não existem atalhos para cumprir a vontade de Deus. 

A razão pela qual as tentações de Satanás conduziria ao pecado não é exatamente o resultado, mas nos métodos e motivações necessárias para alcançar esses resultados. 


Na primeira tentação, transformando pedra em pão, Satanás queria de Jesus um ato egoísta. 
Satanás queria que Jesus se torne auto-suficiente, egocêntrico, e buscar sua própria auto-prestação. 
Quando Jesus multiplica os pães e os peixes mais tarde em seu ministério, não é para si, mas para os outros. a vontade de Deus é feito colocando as necessidades e interesses dos outros acima dos seus próprios. 
Assim, a primeira tentação é sobre o individualismo egoísta: o que eu quero e ter minhas necessidades atendidas.
A segunda tentação centra-se na autoridade e poder. Jesus veio para recuperar a autoridade sobre as nações, mas também teve que ganhá-la através da morte e do sofrimento, não através de um pacto com o diabo. E além disso, a idéia do diabo da autoridade está em desacordo com a de Deus. Quando o diabo exerce autoridade, ele o faz com dinheiro, glória, poder, riquezas e fama. Isto é contrário à autoridade calma e suave de Jesus. Esta tentação é também sobre o controle. Satanás quer controlar as pessoas. Ele quer controlar o mundo e o universo. Ele quer o controle de Deus. Esta tentação foi uma tomada de poder. Ao oferecer o poder de Jesus, Satanás se posicionou para ganhar ainda mais potência. Jesus não se opõe ao poder, mas sabia que ela deve ser adquirida através do sacrifício e serviço e utilizados para o benefício e a bênção dos outros.Por fim, Jesus é oferecida a chance de receber elogios e reconhecimento dos homens. Ele é levado ao pináculo do templo, e disse para atirar-se para baixo. Deus seria forçado, Satanás sugeriu, para resgatar Jesus, enviando anjos para pegá-lo. Uma vez que o templo estava quase sempre cheio de gente, este resgate angelical terá lugar, à vista de todos eles. Eles estariam no temor de Jesus. Muitos poderiam reconhecê-Lo como o Messias. Eles louvá-Lo e acolhê-lo. Todos veriam que Deus estava realmente com Jesus, vigiando e protegendo-o. Foi uma oportunidade para ser reconhecido. Foi uma oportunidade para Jesus para fazer seu grande nome, e receber a Sua glória devida.Assim, as três tentações foram individualismo egoísta sobre, poder, controle, riquezas, fama, reconhecimento e glória. Estes foram oferecidos por Satanás como um meio para realizar a missão de Jesus. Mas Jesus, negou todas, sabendo que tais coisas não ajudam, mas só iria prejudicar os objetivos de Deus na Terra.


Após sua vitória sobre a tentação, Jesus começou Seu ministério, os discípulos se reuniram e ensinou, em seguida, morreu na cruz e ressuscitou dentre os mortos. Em Sua ressurreição, Ele ganhou o que Satanás havia prometido, mas Jesus ganhou-lo de acordo com a vontade e caminhos de Deus, não no egoísmo, mas no serviço, não no poder, mas na humildade, não em riquezas, fama, honra e glória , mas em situação de pobreza, a fraqueza, a vergonha e a relativa obscuridade.Antes de ascender aos céus, Ele instruiu Seus discípulos a seguirem seu exemplo, e passar sobre a formação que Ele lhes tinha dado.Ao longo dos próximos séculos, os seguidores de Jesus fizeram o seu melhor. Mas foi duro. Eles enfrentaram ameaças constantes por parte do governo e os militares. Alguns deles perderam seus empregos, suas famílias, e até mesmo suas vidas. Eles foram desprezados e ridicularizados. E, no entanto, uma vez que serviu e amou demais, deu auto-sacrifício do seu tempo e bens, ofereceu perdão e graça quando injustiçado, e viveu fielmente o exemplo de Jesus, a mensagem sobre Jesus continuou a se espalhar e vidas foram mudadas.Mas então algo aconteceu. As tentações vieram de volta. Como mais e mais pessoas se tornaram seguidores de Jesus, o foco de muitos cristãos começaram a mudar. A ênfase começou a afastar-se o auto-sacrifício, serviço, generosidade, humildade e paz, e para poder, influência, proeminência, autoridade, reconhecimento e controle.Isto é visto em uma variedade de maneiras. 

Fora de motivos puros para proteger e educar os novos crentes, líderes inescrupulosos começaram a consolidar seu poder e controle. 

Eles criaram uma hierarquia de líderes religiosos que ajudaram a desenvolver as regras da moralidade e decidir qual o entendimento das Escrituras estavam corretas. 

Eles tentaram aumentar a sua influência na sociedade, ganhando mais seguidores e defender a fé cristã contra as pretensões da filosofia e outras religiões.

A Religião do Império
Uma das maiores mudanças ocorreu quando o imperador romano Constantino se converteu ao cristianismo.Como resultado dessa "vitória", ele declarou o Cristianismo como religião oficial do Império Romano.Conversões em massa se seguiu.Milhares de templos pagãos foram transformados em locais de culto cristão. Quase durante na mesma noite, o cristianismo tornou-se a mais rica, poderosa e proeminente religião.Ele também se tornou uma ferramenta do Império, abençoando as guerras do Império, que aprovava as leis do Império, e instalava governantes do império.Em troca, o Império deu o terreno da igreja, dinheiro e imóveis. A igreja ganhou força.Uma vez que a Igreja adquiriu poder sobre os outros, tudo mudou. Um movimento que começou exibindo a aquisição de poder político e militar como uma tentação satânica, agora tal coisa era vista como uma bênção divina. 

Um movimento que nasceu por Cristo, recusando-se a vencer seus inimigos, a fim de morrer por eles, agora estava definida para esmagar os inimigos para Cristo. 


A fé que pessoas previamente motivados na confiança e no poder da cruz, agora os inspirou a confiança no poder da espada. 


Aqueles que já tinha entendido que sua função era servir o mundo, agora aspiravam dominar o mundo e governá-lo. 


A comunidade que antes apontava o seu amor pelos inimigos e recusa a se envolver em violência como prova do senhorio de Cristo, é agora apontado para a sua capacidade de derrotar os inimigos e torturá-los da forma mas bárbara, como prova de senhorio de Cristo.
Considerando que Jesus recusou o individualismo egoísta, poder, controle, riqueza, fama, reconhecimento e glória como meios de realizar sua missão, a igreja adotou totalmente essas coisas como um meio para difundir o Evangelho, cumprir a Grande Comissão, e expandir o "Reino de Deus na Terra", diga-se de passagem, o reino governado por eles. 


Idade de Ouro - Ouro de tolo


A fundamentação e justificação para a igreja quando fez isso, é fácil de entender. A conversão do imperador Constantino causaram a cessação da perseguição e trouxe dezenas de milhares de convertidos adicionais.Líderes queria proteger esses novos crentes de heresia ou de outras religiões. 
Queriam ganhar mais dinheiro, poder e edifícios feitos a formação e educação das massas mais manipulável. 

Além disso, sendo a religião oficial abriu o caminho para a rápida propagação do Evangelho.
E assim começou o que muitos chamam de "Idade de Ouro do Cristianismo."
Com o dinheiro e o poder que ela tinha ganhado, tinha os recursos para prover suas próprias necessidades.
Tornou-se poderosa como a religião oficial do Império.Ela ganhou autoridade e glória aos olhos do povo. Seu clero tornou-se estudiosos e filósofos, os grandes homens da aprendizagem e da educação. Os edifícios foram construídos e grandes obras públicas foram realizadas. As leis foram escritas, as decisões foram feitas, e controle foi adquirida. 

Tudo isso resultou na propagação do cristianismo e, com isso, melhor governo, a melhoria da educação e aumento da moralidade.
O que pode estar errado com tudo isto? Só uma coisa. 

Em algum lugar ao longo do caminho, as coisas que Jesus tinha rejeitado para realizar a Sua missão, o poder, a autoridade, a glória, a riqueza, o reconhecimento por parte dos homens, e o controle, foram adotadas essas coisas em pleno vigor pela igreja. 

A Idade de Ouro estava cheio de Ouro de tolo. 

As mesmas coisas que Jesus recusou, a igreja aceitou.

E agora?
Não adianta argumentar que a igreja deveria ter feito algo diferente. O que está feito está feito quer concordemos com ela ou não. O passado não pode ser mudado.Mas uma coisa que pode ser mudado é o presente. Quer concordemos ou não com as decisões de nossos antecessores, nós fazemos nossas próprias decisões de hoje. 

Podemos escolher de forma diferente. 


Nós podemos, se assim escolhermos, rejeitam o canto da sereia do poder, dinheiro, glória, autoridade, reconhecimento e controle.
Nós podemos erradicar as áreas em nossas igrejas que nos afastam do amor, serviço e sacrifício.O consenso geral entre os fiéis é que somos uma amoroso, generoso, humilde e de sacrifício, , perdoando-vos, misericordioso, organização e amigável.O problema, entretanto, é que esta imagem da Igreja geralmente não é compartilhada por pessoas foras da igreja. Eles tendem a vê-los como ganancioso, hipócrita, implacável, julgador, severo, crítico e egoísta.Então onde está o ponto de ruptura? 
Se a igreja é tão amoroso e generoso como cremos, por que as pessoas do lado de fora ver exatamente o oposto?
As respostas possíveis são numerosas, mas a solução é o que me preocupa.E a solução, eu acredito, deve ser baseada no fato de que, em geral, as pessoas são cegas às suas próprias falhas, embora elas sejam óbvias para todo mundo. 

Basta levar a história da igreja como um exemplo. 
Todos nós podemos olhar para trás e ver os abusos e problemas do passado. Nós nos perguntamos por que eles não viram os seus erros, e fazer as correções necessárias. Como eles poderiam ser tão cego? Mas o ponto é que cem anos a partir de agora, as pessoas vão olhar para trás e fazer as mesmas perguntas sobre nós.Será que a igreja do passado errou? Sim. Será que estamos errando agora? Provavelmente. 
O truque é saber como e onde, e então o que fazer sobre isso. 
Nós não sabemos o que os críticos futuro dirá, então o melhor que podemos fazer é escutar alguns dos críticos de hoje. E então, com o auxílio das Escrituras e do Espírito Santo, tentar discernir o que é verdadeiro e como podemos mudar.Onde estamos caindo para as tentações e as influências do diabo e sua tentativa de distorcer e perverter a igreja de distância dos seus objetivos e planos de Deus? 
Onde é que podemos refletir um desejo de auto-confiança, riqueza, autoridade, reconhecimento, glória e controle? 
Se tais desejos e as influências existem, eles devem ser identificados e alterados para que possamos realmente viver e funcionar como o corpo de Cristo.E se sua Igreja fechasse agora?



O que aconteceria com a sua cidade se a sua igreja fechou? Vamos começar com as pessoas que frequentam a igreja. A maioria seria triste que a sua igreja fechadas, mas, eventualmente, a maioria iria para uma outra igreja na cidade. Algumas pessoas podem parar de frequentar a igreja juntos, mas é seguro dizer, que a vida e os horários da maioria das pessoas em sua igreja mudaria muito pouco. Apenas o endereço de onde eles vão para a igreja seria diferente.As pessoas que não podem comparecer nas manhãs de domingo, mas estão envolvidos em alguns dos programas da igreja? Se a igreja tem programas como o Grupo de Jovens, Senhoras, acampamentos, uma refeição gratuita para os desabrigados em uma segunda terça-feira do mês, todas as pessoas que frequentam estes teriam de encontrar outras igrejas ou grupos sociais que os acolhem. 
Isso geralmente não é muito difícil, mesmo nas menores cidades.

Um certo pastor pastoreou uma igreja em uma pequena cidade com uma população do Censo 2000, de 169 pessoas. Era 
a única igreja da cidade, mas havia outras igrejas nas cidades vizinhas que tinham programas praticamente idênticos. A igreja havia fechado, as pessoas que participaram dos programas apenas teria ido a outra igreja ou centro comunitário que sediaram os mesmos programas.Há os vizinhos da igreja, aqueles que vivem na porta ao lado e na mesma rua ou quarteirão. 
Eles iriam perceber se a sua igreja fechadas, mas isso não iria afetar as suas vidas muito.
A maioria das igrejas têm surpreendentemente pouco contato com seus vizinhos mais próximos. 

Se a sua igreja fechadas, os vizinhos podem saber o que aconteceu, mas não haveria pouca diferença notável em suas vidas. 
Há uma exceção. Algumas igrejas, como as pessoas com cães barulhentos, não fazem os melhores vizinhos. Isto é especialmente verdadeiro para grandes igrejas em áreas residenciais. A polícia e os pastores recebem frequentemente queixas dos vizinhos de grandes igrejas sobre o congestionamento do tráfego e do ruído excessivo nas noites e fins de semana. Assim como você provavelmente estaria irritado se um clube de dança grande abertura ao lado de sua casa por causa do barulho e do tráfego poderia causar, também, muitos vizinhos ficar irritado por grandes igrejas em sua rua. Então, nesses casos, os vizinhos podem se regozijar de verdade, com sua igreja fechada.
E como reagiria as outras pessoas na cidade? Será que os moradores sequer sabem de sua igreja tinha ido embora? Novamente, depende do tamanho e importância, mas, em geral, o fechamento da igreja geraria pouco mais de fofocas e especulações.Será que ganharia os cuidados de vereadores? 
O Departamento de Polícia?
O prefeito? 
Como o cuidado sobre as gangues, prostitutas e traficantes de drogas? 

Será que a mídia percebeu? 

Será que os noticiários noturnos relatariam o mesmo? 

Será que o jornal vai escrever um artigo? 

Mesmo se o fizessem, seria uma história de liderança? 

Eles poderiam fazer um relatório, se a sua igreja foi um marco histórico, mas, provavelmente, só se a sua cidade é pequena. Igrejas antigas fecham o tempo todo, e os meios de comunicação raramente ainda dão algumas linhas da notícia. 

A única outra vez encerramentos igreja é relatado é quando ela é uma mega-igreja, ou quando o pastor ou o pessoal está preso em algum tipo de escândalo sexual ou a criminalidade financeira.
Para as igrejas demasiadas, as únicas pessoas que realmente iria perceber que a sua igreja fechadas, são as pessoas que frequentam lá, o pastor que arrecadava o dinheiro, e os pastores das outras igrejas que iriam recebê-los. 
A média das pessoas em sua comunidade e do bairro que só saberia que sua igreja fechasse por causa da placa "Vende-se". 


A verdade brutal é que, para a maioria das igrejas, se elas fecham, o impacto negativo na comunidade envolta seria o próximo de nada.
Por que isso? 
Você ouvirá algumas pessoas ensinam que a igreja é a esperança do mundo, mas como isso pode ser, se as pessoas no seu bairro e da cidade nem sequer sabem que ela se foi?

O que aconteceu que a Igreja, que pretende ser luz e sal do mundo, tornou-se tão insignificante e marginalizada?
A Definição de Igreja


Qual é a igreja? Como deve ser e fazer? Depende de como você define a igreja. Mas começar uma definição não é tão simples como olhar um versículo da Bíblia, pedindo o seu pastor de uma definição, ou procurando um em um dicionário teológico. Mesmo quando ela está definida, tais definições tendem a ser cheio de idéias complexas e jargões teológicos que requerer maior explanação. Por exemplo, uma definição típica de "igreja" em muitos livros de teologia lê algo como isto:Igreja (Ecclesia gr.) é o organismo universal dos crentes, que funciona sob a liderança de Jesus Cristo e se reúne regularmente em assembléias locais para realizar a Grande Comissão através da observação das ordenanças do Batismo e da Ceia do Senhor e ouvir a pregação da Palavra de Deus, todos para a edificação do crente e da evangelização do mundo. Não há realmente muito a discordar de tal definição.
É quando você começa a discutir o que os vários termos e palavras significam, no entanto, que a divergência começa.

Como a igreja pode ser ao mesmo tempo universal e local? 

Quem é crente?
O que eles têm de acreditar e quem decide isso? 

O que significa que Jesus Cristo é o cabeça, se temos padres e pastores?
Por que são o batismo e a Ceia do Senhor é chamado de ordenanças?
Que tipo de batismo é necessária? 

Como e quando as pessoas devem ser batizadas?
O que exatamente constitui a "Ceia do Senhor"?
Com que frequência ela deve ser observada?
Quem chega a fazer a pregação? 

Quanto tempo deve ser a pregação?
O que significa pregar "a Palavra de Deus", se as palavras são de um homem?

Essa definição não diz nada específico sobre liderança, organização, governo da igreja, denominações, o nosso papel na política, e muitas outras questões que são importantes para a qualquer igreja.
Os livros de teologia em geral tem a tentativa de responder à esses tipos de perguntas. E antes que você perceba, uma tentativa de entender "o que a Igreja", é e o que a igreja não requer conhecimento detalhado das dezenas de livros e um grau avançado de ensino ou de dois.
O "básico" da igreja parecem exigir uma grande quantidade de estudos avançados e pesquisa.
Os princípios básicos não são tão básicas, afinal.

Pelo que tudo indica, Jesus nunca quis ter uma mega-corporação operando em seu nome, aqui na Terra.

O Ciclo Eterno das Novas Denominações
O cristianismo começou muito simplesmente. Contudo, ao longo dos anos, passou por vários ciclos de ganhar complexidade até um movimento de renovação surge e traz uma parte da igreja de volta à simplicidade. Estes ciclos são quase sempre os mesmos. Inicialmente, o movimento começa com algumas idéias simples, mas profunda, que poderia ser ensinada e aprendida em poucos minutos. As pessoas que ouvem essas idéias são tão movido por eles, eles são capazes de se lembrar, prática e ensiná-los a outros.Dentro de alguns anos, porém, o movimento começa a metamorfose. Perguntas se perguntam e se respondem e práticas inovadoras se transformaram em tradições padrão. 
Influências culturais são incorporados ao apelar para as massas, mas em breve se tornar indistinguível do próprio movimento. 

Eventualmente, o movimento começa a desacelerar, como o conhecimento e especialização necessárias para viver e funcionar dentro do movimento torna-se tão grande, que não leva alguns minutos, mas de alguns anos para entender e compreender as idéias e práticas do movimento. 

As duas ou três verdades inicial, que se espalhou tão rapidamente na primeira são desenvolvidas em sistemas massivos de crenças e práticas, com os livros, os líderes especializadas e centros de formação onde os seminaristas gastam anos de estudo antes de serem autorizados a sair e ensinar os outros também
.Isso continua até que alguém vem e simplifica as coisas de novo.Em seguida, um novo movimento começa trazendo renovação reforma, paixão, emoção e, em geral, uma explosão na atividade evangelística.Frequentemente, estas novas idéias, novas práticas, e as pessoas que lhes ensinam são condenadas como heréticas pelos Igrejas do Status quo, as igrejas-corporação. 

as com o tempo, o novo movimento ou morre, ou segue o padrão geral acima, e, eventualmente, é incorporada no movimento das 
igrejas-corporação
Quando isso acontecer, novos livros são escritos, novas explicações são fornecidas, novos centros de formação aberta, e a massa cada vez maior de conhecimentos necessários para viver e operar dentro do movimento se expande. 

Eventualmente, um novo movimento começa e o processo começa tudo de novo.
Estes movimentos espirituais muitas vezes giram em torno da liberdade. Aqueles que estão envolvidos no movimento acredita que as Escrituras contêm muito pouco sobre como a igreja deve ser feito. As Escrituras nos dizem, no entanto, que a igreja é, e que a igreja é suposto fazer. Enquanto nós compreendemos isso, podemos ser tão livres, flexíveis e criativos como nós desejamos.
Redefinindo "Igreja"
Em primeiro lugar, é verdade, como mencionado acima, que a palavra grega usada para "igreja" é ekklesia, que significa "reunião" ou "assembléia". O termo pode ser usado de qualquer tipo de reunião, sejam eles sociais, políticos ou religiosos , e até mesmo de grupos de pessoas que nunca realmente se reuniram.É importante notar que a "igreja" não é exatamente uma tradução do grego ekklesia. 
O termo inglês "church" realmente é derivado do alemão Kirche, que por sua vez vem do kuriakos adjetivo grego, "pertencente ao Senhor" (1Cor 11,20) ou, eventualmente, o circo Latim. 


No início da história da igreja, quando o Novo Testamento foi traduzido do grego ficando em latim, não havia equivalente claro em latim para ekklesia, e assim vários termos foram propostos.
Tertuliano teria utilizado curia ("corte"), enquanto que Agostinho escreveu famosa da Civitas Dei (Cidade de Deus). 
Um termo surpreendentemente comuns utilizados por vários escritores gregos foi thiasos ("festa"), que geralmente se refere a um bando de foliões marchando pelas ruas da cidade, com dança e música, muitas vezes, em honra de Baco, o deus da embriaguez. 


O ponto é que muitos escritores não sabiam ainda como traduzir ou descrever o termo ekklesia, mas os termos que eles oferecem propostas tentadoras pistas sobre como funcionava a igreja e foi visto durante seus primeiros anos.
Alguma ajuda em traduzir ekklesia pode vir de reconhecer que é derivado da palavra kaleo, "chamar". Algumas pessoas que compreenderam que esta se referir à igreja como "os chamados para fora."
Mas é preciso salientar que a ênfase na 
tal uso não é sobre as pessoas que se reúnem, ou onde eles se reúnem, mas sim, quem ou o que faz o recolhimento.
Dito de outra forma, o fator mais importante em uma ekklesia é quem provoca e chama a assembléia.
Quando comparado com o uso bíblico do termo, que rapidamente se torna óbvio que é Deus que chama a assembléia, e constitui o encontro.Portanto, sempre que o termo "igreja" é usada, ou é explícita ou implícita de que é uma reunião de (ou por) Deus.No Novo Testamento, a ênfase de ekklésia é que, quando se reúne a Deus, Ele não é reunindo como um povo numa nação, mas por reunir pessoas juntas em uma pessoa, isto é, Jesus Cristo.Este é o primeiro equívoco sobre a igreja que devem ser desvendados.Não é um lugar ou um edifício.
Igreja não é algo que você ir. 

Também não é um evento. 

Não é algo que você pode fazer. 

Não pode ser agendado. 

Em vez disso, a igreja é povo que Deus reuniu em Jesus Cristo.

Corpo de Cristo
Quando as pessoas pensam de imagens bíblicas para a igreja, a imagem mais comum que vem à mente é o Corpo de Cristo. No entanto, a frase exata é encontrada apenas algumas vezes nas Escrituras (Rm 7:4; 1Co 10:16; 12:27; Ef 4:12). Todos estes são de Paulo, e todos, exceto um não se referem à igreja, mas para o próprio corpo de Jesus. Apenas um texto, 1Co 12:27, refere-se especificamente a igreja como o Corpo de Cristo. Este texto será discutido a seguir. Outras passagens dica na igreja é o Corpo de Cristo, mas que não contem a frase exata (Rm 12:5; Ef 1:22-23; 5:23; Cl 1:24; 2:17).Paulo pode ter selecionado as imagens do corpo para a igreja, devido às similaridades entre os conceitos gregos de corpo (gr. soma) e a igreja (gr ekklesia). 
Por exemplo, soma é uma palavra que representa uma pessoa em sua totalidade. 

Entende-se que a soma tem as peças, algumas física (ossos, carne, sangue), alguns espiritual (alma, espírito), e alguns psicológicos (emoções, intelecto, vontade, personalidade), mas a palavra não se refere apenas a um dos
essas peças, como a física, mas a pessoa inteira. 
Isto é como a igreja, a ekklesia. 

A igreja é um todo unificado, e enquanto ela é feita de numerosos membros, não se refere a apenas um membro.
No entanto, embora a imagem é boa, ele é usado somente por Paulo, e, mesmo assim, menos frequentemente, em seguida, outras imagens. 

Uma vez que isto é assim, como é que a idéia de a igreja ser um órgão tornou-se tão importante, se não é encontrada em todo o Novo Testamento, mas distorcendo as cartas de Paulo? 


Como se tornou o mais popular e conhecida imagem para a igreja? 

É provavelmente um resultado da ênfase dupla em muitas igrejas os ensinamentos de Paulo e os dons do Espírito Santo. 

Esses fatores convergem gêmeos em passagens que a imagem da igreja como um corpo, e assim nas mentes de muitos, o corpo é a imagem principal para a igreja. 

Uma das passagens mais comum que apoia esta imagem é 1Co 12.
1Corintios 12
A principal passagem de Paulo que fala sobre os dons do Espírito Santo é a Primeira Coríntios 12. Neste capítulo, Paulo compara a igreja a um corpo, e assim como cada parte do corpo tem sua própria função original, assim também nossos dons do Espírito Santo oferece a cada um de nós um propósito único dentro da igreja, que é o Corpo de Cristo (12:27). Para entender ideia de Paulo em 1Coríntios 12, é necessário algum conhecimento. Como mencionado acima, a grande maioria dos usos da palavra "corpo" (gr. soma) no Novo Testamento são Paulo. Destes, ele usa com mais frequência na carta de I Coríntios. Por quê?Os cristãos de Corinto se viam como elite espiritual. Eles foram super espirituais. Para eles, tudo era sobre o Espírito Santo, e a sua própria vida espiritual. Muitos deles estavam começando a negligenciar a realidade física ao redor deles, e até mesmo negar que o que foi feito na carne teve quaisquer implicações graves sobre o seu espírito. Em suas mentes, a carne e o espírito eram separados. Este erro do dualismo tem suas origens nas idéias filosóficas de Platão. Grande parte da carta de Paulo aos Coríntios, está focado em corrigir essa visão hiper-espiritual da vida. Ele tenta mostrar que o que é feito na carne tem graves consequências para a vida no Espírito.Esta é parte da razão Paulo enfatiza a imagem do "corpo" tanto em sua carta aos Coríntios. Ele quer mostrar que o que é feito no corpo afeta não só o espírito, mas também do corpo, incluindo todo o Corpo de Cristo, a igreja. O conceito de abalar a terra que Paulo enfatiza que aos Coríntios não é só que o lado físico e espiritual de uma pessoa estão ligados em um corpo unificado, mas também que cada pessoa no Corpo de Cristo está ligada à outra. Quando o pecado em nossa própria carne, que arrasta todo o Corpo de Cristo conosco.Um exemplo é suficiente para mostrar o pensamento de Paulo. Depois de uma extensa discussão sobre por que os Coríntios devem glorificar a Deus com corpo e espírito, Paulo diz aos Coríntios 6:15-20 em que fazer sexo com uma prostituta não é simplesmente um pecado da carne, mas também envolve o espírito. Além disso, não é apenas o seu próprio corpo e do espírito que estão unidos para a prostituta, mas o Corpo de Cristo e do Espírito Santo também! 

Paulo argumenta que essa idéia deve ser suficiente para manter-nos longe do pecado.

Assim, quando Paulo começa a realmente enfatizar no capítulo 12 a imagem da Igreja como Corpo de Cristo, os seus leitores terão compreendido, que todos eles estão juntos nessa. O que uma pessoa não espiritual ou fisicamente, é feito para todos. 
Se uma ação espiritual ou fisicamente prejudica um, que prejudica todos. 

Se beneficia um, beneficie a todos. 

A ênfase de Paulo em 1Coríntios 12 é que, como membros do Corpo, estamos conectados uns aos outros.
Cada pessoa tem um único objetivo e função dentro do órgão a cumprir, que, se realizado, os benefícios individuais e para o resto do corpo.Essa idéia continua com os capítulos 13 e 14, e culminou no capítulo 15, com discussão de Paulo sobre a ressurreição. O ponto de Paulo em toda esta seção é que a igreja é um todo unificado, que ele chama o Corpo de Cristo. O corpo é uma comunidade de pessoas em Jesus Cristo.
O Corpo de Cristo é precisamente a Igreja na qual Cristo se move em direção ao mundo.
Cristo é a própria igreja, pois esta é o Corpo de Cristo.
A igreja consiste daqueles que foram recolhidas por Deus em Jesus Cristo. 
Portanto, a Igreja Corpo de Cristo, é Jesus Cristo para o mundo. 

Todos os que estão reunidos em Jesus fazem parte de Jesus, e participar com Jesus no que Ele faz no mundo.
Assim, a Igreja como um corpo não é uma tradição a ser seguido ou um ofício a ser preenchido, ou uma fundação dona de emissoras de TV, ou um sistema complexo de templos espalhados pelo mundo, mas sim num total, o todo unificado de todos os que estão em Cristo.
Todos são iguais dentro do corpo, e todos têm um papel a desempenhar. 


Ao mesmo tempo, todas as ações, comportamentos e crenças de uma parte afeta todas as outras partes.
Embora o corpo não é uma pessoa individual, cada indivíduo dentro do corpo deve entender que suas ações têm consequências, não só para si, mas para toda a Igreja. 
Este é o ponto que Paulo pretende voltar para casa dirigindo aqui na Primeira Carta aos Coríntios, e em outras cartas (Rm 12:4-8; Ef 4:12-16)
A imagem da Igreja como Corpo de Cristo é uma imagem excelente, e é provavelmente a imagem mais comum na mente da maioria dos cristãos, embora esse conceito tenha sido largamente trabalhado para ser destruído.
Embora seja uma boa imagem, não é a única imagem para a igreja, nem é o mais comum. 

Relações públicas e Propaganda
Acreditamos que somos incompreendidos. Sabemos que os nossos corações e nossas motivações, e como nós queremos ajudar as pessoas a aprender e viver a verdade do Evangelho, mas por algum motivo, a pessoa média na rua tem uma percepção um pouco negativo da igreja.
Eles leram sobre corrupção e escândalos sexuais igreja pastoral nos jornais, e eles não confiam em nós. 

Alguns tentaram ir a uma igreja, mas ficou todo queimado.
Eles estão cansados de ser convidado para o dinheiro.Como resultado, qualquer pessoa normal pensa que a igreja é ganancioso, hipócrita, implacável, acusador, cruel e egoísta.É claro que o igrejeiro normal acredita exatamente o oposto. 
Pessoas que frequentam a igreja acreditam que sua instituição é acolhedora, simpática, gentil, generosa e compassiva. 

O facto de não-fiéis pensar diferente, nos choca. 

Estamos certos de que as pessoas que desconfiam da igreja, gostaria que, aquele que se acabou de visitar o nossa, não desconfie de nós.

Talvez eles tenham tido uma experiência ruim em outra igreja, ou como uma criança quando eles foram crescendo, mas as coisas são diferentes agora. 

Argumentamos então, que a nossa igreja não é como as outras igrejas.
Mas como podemos obter visitas, se eles não confiam em igrejas em geral? 
As pessoas não vêm à igreja quando convidadas, a menos que eles comessem a mudar suas percepções sobre a igreja. 
Como isso pode ser feito, se não podemos los a participar?Uma igreja confrontada com este dilema, embarca em uma campanha de relações públicas copiada diretamente das páginas de "Manual do Usuário Corporativa da América". 

Quando a Toyota lembra que milhões de carros tem pedais de gás pegajoso, que simultaneamente colocam ao ar os comerciais na televisão sobre todos os prêmios de segurança que eles ganharam. 

Quando o petróleo da plataforma da BP vomita petróleo no Golfo, na Flórida lança anúncios sobre como suas praias ainda são seguras e limpas. 

Quando a antena sobre o novo iPhone não funciona corretamente, a Apple envia todos os usuários um vale.
As igrejas fazem a mesma coisa. A mesma coisa.

Para contrariar a nossa imagem negativa na arena pública, desenvolvemos slogans como "Primeira Igreja da Comunidade: A Igreja perfeito para pessoas que não são" ou "Igreja da Graça:. Hospital para Caçadores"
Então, quando a imagem e slogan são desenvolvidos 
, a campanha começa realmente a sério. 

As pessoas são convidadas a entrar como elas são, e lembrou que todos nós somos pecadores no caminho para a mudança. 

Sinais e banners serão exibidos em torno da igreja para que os membros entendem (e esperemos que vivo) que é ensinado. 
série de sermões são pregados sobre os temas do perdão e do amor. 

Tempo no ar é adquirido na televisão e no rádio para veicular comerciais sobre o quão grande e amorosa é a nossa igreja.
Em seguida, sentamos e esperamos para que as pessoas chegam para que possamos realmente começar a mostrar-lhes como estamos lhes amando.O problema é que, a campanha de relações públicas nem sempre funciona. Se qualquer coisa acontecer, a perspectiva de fora só fica pior. 
Pelo menos, foi isso que aconteceu na minha igreja.
Testemunho do Autor
No meu primeiro ano como um pastor, a igreja estava se esforçando para aumentar a presença, e resolveu parte do nosso problema era que a comunidade não tinha conhecimento da nossa presença. Para corrigir isso, nós fomos com uma abordagem porta-a-porta.
Membros saíram e bateram à porta para convidar as pessoas para a igreja.
Mandamos e-mails em massa, um verdadeiro spam.
Colocamos panfletos nas maçanetas das pessoas, e até deixamos CDs de música de igreja e seus sermões sobre os limpadores do para-brisa.
Em um ponto, que até um deixou cair um maço de folhetos e panfletos em seu gramado.

Cerca de um mês em nossa campanha de conscientização da comunidade, recebi uma carta de um homem que, como resultado de nossos esforços, já tinha consciência da nossa igreja existia. 
Embora eu já não tenho a carta, aqui (com alguma da linguagem removida) é essencialmente o que ele escreveu

Pare de me incomodar! Seu povo bate na minha porta quando eu estou tentando aproveitar o tempo com minha família e eles só querem falar de Deus e sua Bíblia. Depois eu digo-lhes para sair, e eles deixaram lixo sobre Jesus e sua igreja jogados na minha porta. Uma semana mais tarde, há mais lixo no meu jardim. Quando eu olho pelo correio, eu acho lixo de sua igreja. No parque na semana passada, largaram uma porcaria no meu parabrisa. Além de todo o lixo que você deixou em torno de mentir, e as árvores que você destruiu ficando tudo isso impresso, e que o dinheiro e o tempo que você desperdiçou distribuí-lo, eu sinto como se estivesse sendo perseguido. Se isso não parar, eu estou relatando você e sua igreja para a polícia. Deixe-me sozinho!

Lembro-me sentindo bastante indignado com esta carta. Eu pensei:
"Se ele não quer a coisa, por que não simplesmente jogá-lo fora? Por que teve o tempo para escrever uma carta tão desagradável?
Será que ele escreva uma carta como esta para as empresas locais, quando eles a enviam lixo eletrônico ou telemarketing interromper o seu jantar? 
Duvido!"
Tirei a carta para o Conselho da Igreja e mostrei a eles.
Nós decidimos que uma carta não refletem a opinião de toda a comunidade, e nós devemos ignorá-la.
Isso é o que nós fizemos, e continuou com a nossa campanha.
Nós nunca ouvimos a polícia.
Olhando para trás, no entanto, acho que o homem estava certo.

Embora seja verdade que nós criávamos nossos "reconhecimento da marca" na comunidade, e a nossa campanha foi a geração de conhecimento, nós estávamos começando à ser observados por todas as razões erradas. Em nossa tentativa de alcançar o mundo, que tinha adotado métodos do mundo, que contradiz a nossa mensagem.

Vivendo o Evangelho


A mensagem do Evangelho deve orientar a métodos que são usados para difundir o Evangelho.Se não temos a nossa mensagem clara, os métodos que adotamos sempre vai nos desviar do caminho. 
E qual é a mensagem? 
Não se trata de política ou de poder. Não é sobre a economia ou a ecologia. Não se trata de fama e glória. Não é nem mesmo sobre como o mundo é pecaminoso.A mensagem da Igreja é o mesmo que a mensagem de Jesus: Deus quer ser envolvido em sua vida. Isto é o que Jesus estava anunciando quando ele falou tantas vezes sobre o Reino de Deus. Que Deus quis morar com eles, e entre eles, para orientar, fornecer e protegê-los. Esta foi a mensagem de Jesus.E o método de Jesus para espalhar esta mensagem é reveladora. Embora Jesus tenha ensinado sobre isso, esse método foi na melhor das hipóteses, secundárias à Seu principal método, de realmente mostrar através de suas ações, do que uma vida vivida sob o governo de Deus se parece.Qual foi a mensagem de Jesus? Que o Reino de Deus chegou. 
Qual foi o método que Jesus usou para espalhar esta mensagem?
Ele viveu o Reino de Deus em sua própria vida.Tudo isso ainda pode ser muito acadêmico. 
Vamos trazê-la para a terra ainda mais. 

Se alguém quer caracterizar a Deus, eles não puderam fazer melhor do que a maneira que Deus descreveu a Si mesmo a Moisés:
"O Senhor, o Senhor Deus, misericordioso e compassivo, longânimo e grande em misericórdia e fidelidade" (Ex 34:6). 

Isto é o que Deus diz sobre Si mesmo, e quem Ele é.
Ele seguiria então, que se uma pessoa está sob o reinado de Deus, isto é, uma parte do Reino de Deus, então sua vida será semelhante a estas características mesmo de misericórdia, graça, paciência, bondade e verdade.E de que outra forma poderíamos descrever Jesus? Ele era a encarnação de tais características, o que não é surpreendente, uma vez que Ele era, de fato, Deus na carne. 

Teólogos, com seu fascínio por palavras grandes, chamam isso de "encarnação", que significa "estar na carne." Pode não ser a melhor maneira de descrever Jesus, pois biblicamente, a "carne" se muitas vezes identificada com o pecador " 
lado da humanidade", e Jesus não tinha pecado.
No entanto, a idéia é boa, que Deus, sendo rico em misericórdia e amor, se fez homem em Jesus Cristo.
Por quê? Novamente, não apenas para pregar ou dar-nos a doutrina. Ele poderia ter enviado um anjo para fazer isso, ou cair uma chuva de livros do céu com o trovão gritando nas nuvens, "Leiam este livro!" Mas ele não fez. 
Ele quis revelar de forma tangível para nós, como Ele é, vivendo entre nós, tocando nossas dores, curando o nosso sofrimento, estando presente em nossa solidão, e entregando-nos de nossas cadeias.
Em última análise, é claro, ele morreu.Este também foi um elemento central da mensagem do Reino. 
No entanto, mesmo aqui, nós não entendem o que Deus estava fazendo em Jesus. 

Nós tendemos a pensar que sua morte foi apenas para fornecer o perdão como o de uma vez por todas o sacrifício pelos pecados do mundo. 

Isso certamente é parte do que Jesus realizou na cruz, e não pode ser prejudicada. 

Mas não é de forma tudo o que Jesus realizou. 


Sua morte na cruz é uma vez mais, uma forma de revelar a mensagem do Reino. 
E qual é a mensagem de Jesus na cruz? Que o Reino de Deus não é sobre o poder e importância, grandeza e glória. Trata-se de humildade, sofrimento, dor, rejeição, e finalmente, morte.Jesus veio para mostrar à humanidade o que parece viver a vida sob o domínio de Deus. 
E ao fazê-lo, como o auge dessa expressão, que Jesus morreu. 

O sofrimento e a rejeição de Jesus na cruz não é uma catástrofe, mas uma porta de entrada para a manifestação final do Reino de Deus na Terra. 
Uma das características centrais do Reino de Deus é o conceito de auto-sacrifício no serviço dos outros. Isto é o que Jesus encarnado na Encarnação
Encarnando a Mensagem


A igreja é encomendada a continuar a Encarnação, a caminho da morte, o caminho da humildade, o caminho do auto-sacrifício. Mas parece que, como Jonas fugindo para Társis, temos muitas vezes foi exatamente na direção oposta. 
Em vez de correr apressadamente em direção a humildade, o sofrimento, a morte auto-sacrifício, serviço e até mesmo, nós já correram para o poder, destaque auto-satisfação e auto-promoção. 
Adotamos os métodos dos governos imperiais, potências militares e corporações gananciosas.Há longas explicações da história e da psicologia sobre o motivo de ter feito isso, mas o verdadeiro culpado é teológica: somos pecadores com a melhor das intenções. 
Vemos a influência do governo imperial, e imaginamos as coisas boas que poderia ser feito se esse poder pode ser aproveitado para a igreja.
Nós vemos os males que o poder militar pode destruir (ignorando todos os males que ele cria), e acreditamos que tática semelhante poderia ser usada para avançar a causa de Cristo. 
Nós assistimos a inundação multidões pelas portas dos parques de diversão e lojas de departamento e acho que se podemos obter tais multidões para comprar nossa mercadoria "fé" e participar de nossos shows, eles podem não ter consciência quando jogamos o Evangelho em seu carrinho, assim, o Evangelho se torna como as mercadorias 
devolvidas após o Natal, no 26 de dezembro.Os anúncios do mundo, dessas tentativas de cópia, e eles não estão impressionados. 
Eles ouvem a nossa mensagem da encarnação, mas os nossos métodos são mais parecidos com à de um vendedor de carros usados.
Métodos mundanos não ajuda na divulgação da mensagem do Reino. 

Os dois são incompatíveis. 

E o mundo vê através de tudo isso. 

Eles ouvem uma mensagem de paz, amor e serviço, mas vê os métodos de ganância, poder e glorificação pessoal. 

Compreensivelmente, eles se confundem. 

Os métodos e mensagem vão se misturar, e o mundo sabe disso!
A igreja precisa ser encarnação da mesma forma que Jesus estava.Nós precisamos de Deus para representar o mundo, mas de tal forma que estamos tão próximos ao ser humano quanto possível, sem a passagem para o pecado.Ele tornou-se tão plenamente humana que as pessoas tinham (e ainda tem) dificuldade em acreditar que Ele era Deus. 
Da mesma forma, a Igreja encarnada deve entrar tão plenamente no mundo, e tornar-se tanto como o mundo, que muitos podem ter dificuldade em ver como somos diferentes.
Culpando Jesus
Como a igreja, sabemos que deve ser diferente do mundo. 
A questão, claro, é como? 

Mais uma vez, o exemplo de Jesus é instrutivo. 

Ele não era a Sua piedade, santidade ou perfeição que atraiu as pessoas para Jesus. 
Apesar de Jesus não tinha pecado, não uma pessoa nos Evangelhos nunca comenta sobre como santo Ele era. Ao contrário, Ele foi muitas vezes acusado de beber e comer demais, violando o sábado judaico, e blasfemando contra Deus. Pelos padrões religiosos, Jesus não foi "irrepreensível".Então, o que atraía as pessoas para Jesus? Seu amor e aceitação, e sua identificação com sua dor. Essas coisas são fundamentais para a encarnação de Jesus. Vamos olhar para o seu amor e aceitação em primeiro lugar.Com Jesus, não houveram excluídos, nem rejeição. Ele nunca rejeitou ninguém. Ele amava, acolhia, e todos perdoou. Ele julgou e condenou ninguém. Em Jesus, o exílio acabou. Pecadores da pior espécie se sentiam confortáveis ao redor de Jesus. Ele até amou, acolheu, e convidou os líderes religiosos a se unirem Ele, e só teve duras palavras para dizer sobre eles, pois a verdadeira oposição à Jesus Cristo, veio justamente deles.Jesus tornou-se tão parecido com o mundo, que as pessoas do mundo sentiu-se confortável ao redor dele, enquanto as pessoas não religiosas. As pessoas do mundo convidou-o para seus partidos, enquanto os religiosos acusaram de ser um pecador. Se é isso que Jesus quis dizer quando Ele nos ensinou a estar no mundo, mas não fazer parte dele, temos coisas severamente para contra. 
Atualmente, as pessoas religiosas são confortáveis na igreja, enquanto os "pecadores" não são. 

Enquanto que adotamos certos elementos do mundo para nos fazer atraente para as pessoas do mundo, nós não seguimos o exemplo de Jesus em tornar-se atraente por meio do amor, graça, perdão e generosidade.Em vez disso, dominou os métodos mundanos para ampliar nosso poder, multiplicando a nossa riqueza e aumentar a nossa fama. 
Nós parecemos ter adotado todas as peças erradas. 
Apesar de estar "no mundo", devemos nos tornar como o mundo, é uma linha tênue devemos caminhar para se manter de tornar-se "do mundo."
Como Jesus, devemos adotar as coisas que Ele aprovou, e rejeitar as coisas que Ele 
rejeitava. Como Jesus, não devemos temer a acusação de "pecador".

Feche Sua Igreja


Certifique-se o primeiro golpe é o golpe só. Apontar para o centro. Uma bala, uma morte. O coração da igreja típico é o culto da manhã de domingo. Se você quer matar sua igreja, o melhor lugar para começar é pelo cancelamento do serviço da igreja.Já posso ouvir as páginas da Bíblia começando a girar, então vamos encarar a música e lidar de frente com um versículo favorito dos pastores que estão tentando impulsionar o comparecimento de domingo.Não abandone a congregação!
Geralmente, quando alguém sugere que os cristãos não precisam ir à igreja, um pastor ou outro líder da igreja é rápido para citar Hebreus 10:25. 

Este versículo adverte os crentes contra deixemos de congregar-se juntos. 

Mas vamos ser claros.
Em nenhum lugar a passagem diz quantas vezes os crentes devem atender, onde, ou com quem. Nem o texto não indica o que deve ser feito quando se encontram, que não incentivar um ao outro. 
Além disso, é duvidoso que a passagem pode ser diretamente aplicadas aos crentes hoje, já que os destinatários originais da carta foram antigos judeus que estavam sendo pressionados pela perseguição para retornar aos costumes e leis do judaísmo.
O que levanta uma possibilidade interessante.A palavra que o autor utiliza em Hebreus 10:25 para "congregação" é episunagōgē, que poderia ser uma alusão à sinagoga judaica.Talvez o autor está dizendo a seus leitores que, apesar de enfrentar a perseguição na sinagoga, eles devem continuar a ir.É bem provável, é claro, que esses judeus crentes em Jesus tinham iniciado a sua própria "Sinagoga Crista" abandonando a tradição judaica, e foi essa coragem que não deve abandonar, mesmo em face de perseguição (Tg 2: 2; 5:14). 
Se qualquer uma dessas teorias são verdadeiras, temos de ser cuidadosos sobre como usar o verso para as pessoas a culpa em "ir à igreja."
Eu não acredito que o verso está se referindo a uma reunião.A palavra usada em Hebreus 10:25 é usado também em 2 Tessalonicenses 2:01, onde Paulo está escrevendo sobre a reunião dos fiéis para o Dia do Senhor, após o que passaremos a eternidade com Jesus.Muitos tomam o termo em 2 Tessalonicenses 2:01 como uma referência para o arrebatamento, mas isso não é necessariamente assim.Em vez disso, esta palavra (como o prazo para a "igreja", ekklesia) não se refere a um Templo e lugar onde os crentes se reúnem regularmente para cantar e sermões, mas sim para a atividade de Deus em reunir um povo para si mesmo a realizar a Sua vontade. 

Portanto, ambos os 2 Tessalonicenses 2:1 e Hebreus 10:25 lembrar aos crentes que Deus reuniu a igreja fora do mundo com um propósito.
Algumas pessoas têm o hábito de abandonar este propósito, e isso nós não devemos fazer.Então, o que Hebreus 10:25 ensinar? 
Ele está dizendo crentes para cumprir seu propósito dado por Deus, e incentivar outros a fazerem o mesmo. 

E qual é esse propósito?
Cada pessoa tem seu próprio propósito singular no plano de Deus, mas o objectivo geral de todos nós é viver a vida e amar os outros como Jesus. 

Sentado em um edifício durante duas horas na manhã de domingo pode não ser a melhor maneira de realizar este propósito. 

Isso pode ser útil para alguns, mas não para todos. 

Para permitir que as pessoas cumprirem a sua missão, é preciso libertá-los da obrigação pelo homem de "ir à igreja."
Uma maneira de fazer isso é simplesmente "cancelar o serviço da igreja. 
"

Fechar a Igreja VS Dinheiro Mole


Pensando em cancelar o serviço da igreja é terrível para a maioria dos líderes da igreja, porque nós dependemos da gente para preencher os bancos e pagar as contas, um dos quais é o nosso próprio salário. 
Mas e se a igreja não tem imóveis ou pastores pago? 

Você se sentiria livre para deixar que seu povo vá?
A resposta pela maioria dos pastores seria novamente "NÃO."

A razão é que nós não só precisamos de pessoas para pagar as contas, mas nos sentimos responsáveis para proteger as pessoas que Deus colocou sob nosso cuidado, e ajudá-los a saber no que acreditar e como 
para viver.

Como um ex-pastor-me, é assim que eu pensava. 
Eu vi a relação entre as pessoas no banco da igreja e o pastor no púlpito como mutuamente benéfico. As pessoas devem assistir aos serviços e dar seu tempo e dinheiro para apoiar o orçamento e os programas da igreja. Em troca, eu faria o meu melhor para prever as suas necessidades espirituais e guiá-los dos perigos da vida.Olhando para trás, especialmente em alguns dos conflitos que tive com algumas pessoas, e algumas das lutas e problemas que enfrentamos como igreja, agora eu acredito que minha maior preocupação era para a minha própria proeminência e poder, e que eu iria receber um salário.Quando o povo veio, eu queria controlá-los. Pensei que, se eles acreditavam no que eu te ensinei, e fizessem o que eu disse, a vida de todos (inclusive a minha) seria melhor.
Eu também acreditava que uma maior presença na manhã de domingo daria maior poder, proeminência e influência para a igreja (e eu) na comunidade em geral.
Eu ainda lembro de assistir com grande interesse, alguns dos feudos-internos de outras igrejas locais, esperando que alguns de seu povo iria sair e começar a frequentar a minha igreja.
Tudo isso, creio eu, não revela um coração centrado na encarnação e os princípios do Reino de Deus, mas sim, um coração centrado nas influências satânicas de poder, prestígio, reconhecimento e controle. 
Estou plenamente de confessar que essas foram as características em meu coração e vida.


Perdendo o Controle da Igreja


Não tenho a pretensão de conhecer os corações e as mentes de todos os pastores e líderes ao redor do mundo e ao longo do tempo. Mas de minha própria observação e da minha leitura da história da igreja, parece que minha experiência não é única. Geralmente, nossos motivos são sólidos, queremos ajudar as pessoas. 

Mas muitos de nós acreditamos, no fundo do nosso núcleo, que a melhor maneira de ajudar as pessoas é controlá-los. E a maneira mais fácil de fazer isso é levá-los a vir à igreja no domingo de manhã. 
Dizemos às pessoas que devem frequentar a igreja porque queremos controlar o que eles acreditam e o que eles fazem. Se você quiser avaliar o seu próprio coração, neste assunto, tudo que você tem a fazer é olhar para o sentimento emerge quando é sugerido que você cancelar o serviço de domingo.
Que pensamentos imediatamente pop em sua mente? 

Quais são as suas objecções? 

Quais são seus medos?
Se eles são os medos de perder o emprego, os pensamentos de perder destaque na sua cidade ou entre seus pares, ou objeções que as pessoas precisam de você para guiá-los, pode ser que você tem medo de perder o seu poder e controle.

Nesses casos, temos de começar a praticar o que pregamos.
Dizemos às pessoas que para derrotar o poder do dinheiro, devem entregar-lhe.
Para superar o comer, praticam o jejum. 
Para começar a trabalhar, comece devagar. 

O mesmo conselho vale para as áreas de poder e controle. 

Se somos viciados em poder e controle, devemos desistir.
Temos de ficar fora de controle.
Saindo da Igreja


Praticamente falando, o cancelamento do serviço é uma medida acertada de qualquer maneira. As pessoas estão deixando a igreja em bandos. Pelo menos, eles estão deixando a parte o culto de domingo do mesmo. 
De acordo com estudos recentes, com menos de 20% das pessoas que frequentam regularmente a igreja, e daqueles que o fazem, 2,7 milhões mais sair da igreja anualmente. 

Durante a década anterior, a participação conjunta de todas as denominações protestantes diminuiu quase 5 milhões de pessoas, enquanto a população dos EUA aumentou em 24 milhões durante o mesmo período de tempo. A igreja está em declínio.

E não é só presentes. sinais de saída estão em toda parte. Junto com o atendimento, e o envolvimento estão caindo. Se a igreja é um jogo de números, nós estamos nocauteados. 
As razões sugeridas para este declínio generalizado são numerosos e variados, mas a razão última, estou convencido, não é a apatia ou desilusão por parte das pessoas.
Não é que as pessoas não se importam com Deus, ou servir aos outros. 
A verdade é que as pessoas estão deixando a igreja, porque eles se preocupam com essas coisas, e eles sentem que, em muitos aspectos, a igreja é apenas um estorvo para essas atividades.
Embora os números e participação em igrejas tradicionais está a diminuir, as pessoas que estão empenhados em seguir a Jesus em suas vidas, em seus trabalhos, e entre seus amigos, está se expandindo exponencialmente. A igreja não está morrendo. Para aqueles que têm olhos para ver que Deus está fazendo, Sua igreja nunca esteve melhor!E é por isso que dar permissão para as pessoas sairem da igreja é tão importante, muitos dos quais acabam indo embora de qualquer maneira.
Como muitas pessoas estão pensando em sair, porque não os choque dizendo-lhes para não vir! 
Ao invés disso, vá sorrateiramente para a porta, e venha com desculpas esfarrapadas, por que eles "perderam a igreja", porque não lhes mostra a porta, dando-lhes permissão para "não ir à igreja"?De fato, "faltando igreja" e "de freqüentar a igreja" não deve mesmo ser no vocabulário da igreja. 

Esta terminologia revela uma tendência para a visão da igreja como uma função e um lugar, ao invés de o povo de Deus que seguem Jesus para o mundo. 

Se realmente querem ajudar o povo de Deus seguem a Jesus no mundo, é preciso colocar-se sinais de saída grande em todas as nossas portas, e levar as pessoas para fora do prédio, esses campos de concentração, onde os mantemos presos, e os levar para onde Deus pode trabalhar e 
através de suas vidas, com as pessoas machucando o mundo. 

Se as pessoas estão saindo da igreja de qualquer maneira, vamos orientá-los em seu caminho. 
Vamos convidar as pessoas para a aventura de amar a Deus e amar os outros fora das paredes de tijolos e vitrais de uma igreja.Mas esta aventura começa com o cancelamento do serviço da igreja.Desta forma, o cancelamento do serviço da igreja pode muito bem ser a vontade de Deus para seu povo. 

O que será, que Deus acha da Igreja?


Os cristãos modernos não são os únicos que se reuniram em grandes grupos para adorar a Deus, orar, cantar e ouvir o ensino bíblico. 

Se pegarmos as passagens como Isaías 1:12-13, Amós 4:4-5, Amós 5:21-24, Jeremias 14:12, Oséias 6:6 e Miquéias 6:6-8 e colocá-los em conjunto com a terminologia moderna, poderiamos dizer o que Deus tem a dizer sobre a Igreja


"Ir à igreja é pecado!Participar da igreja é multiplicar os seus pecados!
Voluntários para limpar o templo.
Dar fielmente o seu dízimo de 10%.
Os especiais por por tudo que Jesus lhe deu.
Testemunhar a Deus por suas muitas bênçãos.
Por estas são as coisas, Oh cristão, que você gosta de fazer",
diz o Senhor Deus.

"Eu odeio seu prato de ofertas.
Também não tenho prazer em seus shows cristãos
Apesar de doar generosamente para apoiar o fundo de construção,
E doar fielmente as organizações cristãs,
Eu não vou nem olhar para estes seus muitos presentes. "

"Parem com muitos sermões,
Pare de escrever aquele blog de fiéis.
Saia do seu banco,
Jogue fora todos os seus livros cristãos. "

"Quando jejuardes, não vou ouvir.
Apesar de você chorar, eu não vou ouvir.
Eu não aceitarei as suas ofertas
E sacrifícios de louvor. "

"Afasta de mim o estrépito dos teus 
muitos cânticos,
Suas orações numerosas são uma abominação!
Parar de tocar guitarras, batendo na bateria,
E levantando as mãos em louvor.
Parar pisoteio os estacionamentos
Em sua ânsia de ir à igreja. "

"Domingo de manhã, domingo à noite.
Quarta-feira à noite.
Eu odeio todas as suas reuniões.
Eu desprezo seus numerosos estudos.
Eles são todos maus diante dos meus olhos. "

"Em vez disso, deixe a justiça escorrer como uma cachoeira,
E a justiça como um ribeiro perene.
Quero misericórdia e não sacrifício.
Eu quero fazer justiça, amor, bondade
E andes humildemente com o teu Deus. " Será que é áspero? É muito provável que soava assim aos israelitas que ouviu Deus dizer tais coisas sobre a sua adoração no templo, festivais anuais, jejuns frequentes, e sistema de sacrifício, muito do que Ele instituiu, devido a corrupção de todo o sistema religioso

http://img340.imageshack.us/img340/3718/gotochurche129375014582.jpg
Vá para a igreja, ou o Diabo vai pegar você!!
Atendendo "Dependentes-de-Igreja"
Muitos parecem pensar que a nossa responsabilidade em relação à igreja é unica.
Se você já parou de frequentar a igreja por um curto período de tempo, nem por uma semana ou duas, você sabe o que eu quero dizer.
Você receberá chamadas de família e amigos preocupados, "porque não te vi na igreja", mesmo por que te vi no jogo de futebol no domingo.
Você pode até receber uma carta do pastor, lhe informado que você deve saber que perdeu culto, reiterando a necessidade de frequentar a igreja para o seu bem-estar espiritual.

Essa ênfase na frequência à igreja resultou em duas tendências preocupantes.

Primeiro, há aqueles que acreditam que, se eles frequentam a igreja no domingo de manhã, eles cumpriram o que Deus quer. Em uma igreja que pastoreava, eu perguntei a uma senhora sobredotada e talentosa de considerar a ajudar para uma sensibilização da comunidade durante a semana que havíamos planejado. 
Ela fielmente frequentava a igreja há alguns anos, mas nunca chegou a qualquer atividade para além da manhã de domingo. Sua resposta me chocou.
Ela disse: "Pastor, eu vim para a igreja todos os domingos. Eu estou lá na hora, eu sentar e cantar as músicas. Eu escuto o sermão. Eu dízimo. 
Obrigado por me pedir para ajudar com esta divulgação, mas acredito que quando eu sair as portas no domingo de manhã, eu terminei meu dever religioso para a semana." Esta crença é mais difundida do podemos imaginar.Mas esta mentalidade é em grande parte devido à frequentes lembretes pelo pastor e outros funcionários da igreja que frequentar a igreja é fundamental para seguir Jesus.Segundo, lembretes constantes também levar para o outro extremo, onde as pessoas se tornam dependentes de frequentar a igreja. Para alguns, a frequência à igreja é um ídolo pelo qual se mede a maturidade espiritual de si mesmos e aos outros. Se a frequência à igreja é fundamental para seguir Jesus, então, logicamente, quanto mais você ir à igreja, o melhor seguidor você é. Então, eles assistem domingo de manhã, domingo à noite, a reunião de oração Quarta-feira, na quinta-feira do grupo de células noite, e a reunião dos homens da manhã de sábado.Ambos os tipos de frequentadores de igreja quer cumprir o seus deveres semanais participando do culto da manhã de domingo, e aqueles que se empanturram de um banquete semanais de serviços, estudos bíblicos e reuniões de oração, tem o mesmo problema. Ambos sofrem de dependência de atendimento. 
Ambos dependem da frequência à igreja para mantê-los espiritualmente saudável e como uma indicação de que eles são saudáveis. 
Ambos pensam que frequentar a igreja cumpra a sua responsabilidade para com Deus, o pastor, uns aos outros, e para o mundo perdido e agonizante.Então o que você acha? 
Qual é a solução? 


http://img406.imageshack.us/img406/6350/crackdroga.jpg
Pastores como Atravessadores e Traficantes da fé


Você já reparou como parece que os pastores estão sempre à tentar levá-lo à frequentar a igreja mais?
Se você não viu, então você deve começar a ver.
Um culto você começar a ir, você precisa estar lá todos os domingos.
Depois de frequentar regularmente, então você deve também participar na noite de domingo.
E assim por diante, ele vai até os "mais fiéis", os membros estão lá ontem de manhã por três horas, domingo à noite, quarta à noite, sábado de manhã, e ensinar uma terça-feira de estudo bíblico em sua casa.
E num primeiro momento, eles dizem que você acabou de assistir e "apreciar" o serviço. Mas depois, eles querem que você "se envolva" e comece a servir. 

É como uma dose de crack ou maconha dada por um traficante à uma criança. A primeira dose é livre, mas depois disso, é melhor você começar a pagar por aquilo que você está usando. 
É apenas coincidência, ou pastores não têm muita coisa em comum com traficantes de drogas?

Muitos pastores estão muito felizes em permitir que suas congregações a depender de frequência à igreja, para que o vícios da presença enche os bancos e a oferta de placas na manhã de domingo.

Na verdade, muitos pastores reforçam tal comportamento. Na mente da maioria dos líderes da igreja, os "seguidores verdadeiramente comprometidos e fieis "de Jesus Cristo" são aqueles que estão na igreja sempre que as portas foram abertas por ele.
Eu sei disso, por que eu me senti assim como um pastor. Eu esperava isso de meus antepassados.

No entanto, tais crenças não são apenas contrária à realidade, eles também são contrários à Escritura.
Não há um único verso em qualquer lugar que diz frequentar a igreja é uma indicação de saúde ou espiritual que Deus está te usando de maneira poderosa. 
Ele não está lá.
Na verdade, tal mentalidade revela uma profunda incompreensão da finalidade e função da igreja.Pastores que ensinar e incentivar tal comportamento não só permitir essa dependência, mas até mesmo se tornar traficantes, tentando conseguir mais e mais pessoas viciadas naquela droga de igreja. Para se libertar, para destruir a dependência, para parar, os pastores podem ter que fazer algo drástico. Dizer às pessoas, que há mais para a igreja após aparecer de um prédio para outro programa ou estudo da Bíblia simplesmente não é suficiente, especialmente quando a igreja oferece tantos programas e estudos bíblicos.

Pode ser que a igreja precise seguir o exemplo dos centros de reabilitação de drogas e álcool, e exigem que as pessoas tenham a síndrome de abstinência.
Cancelar tudo, e domingo, estudos bíblicos, programas, tudo, e ver o que acontece.
Se a sua igreja cancelasse todos os serviços e programas, durante uma semana ou um mês, o que você acha que aconteceria?


http://img831.imageshack.us/img831/3223/moses115x115.jpg
O Grande Líder de Deus, guiando o povo para bem longe dos templos do Faraó
É hora de deixar o meu povo ir!
As pessoas precisam ter liberdade de expressar e descobrir seus próprios caminhos na vida, os seus dons ehabilidades.

Como líderes, é hora de deixar ir de inseguranças e deixar o nosso povo ir.
Enviá-los. Que eles sigam os sonhos, mesmo que entendidos errado. Seja lá para eles. Amá-los. Equipá-lospara vivere não para manutenção eterna. 
Seja como
 a águia que percebe que os jovens têm de aprender a voar ou morrer. Tire os galhos e o ninho. É hora de voar. 
Muito
 águias muitos tornaram-se galinhas domesticadas, fadadas pela vida à produzir ovosapenas para comer, e não para o crescimento.
É tempo
 de liberdade.
http://img339.imageshack.us/img339/6827/churchclosed.jpg
Rumo ao Fechamento Total da Igreja


Eu já havia sugerido que uma das melhores coisas que um pastor pode fazer por sua igreja é fechar a sua Igreja. 
As pessoas estão tão ocupados a frequentar a igreja, eles não têm tempo para ser a igreja.
Então, cancelando os serviços, surge o tempo livre.Mas é fácil prever o que aconteceria se a sua igreja fez isso. 
A maioria dos membros descia a rua para outra igreja. 

E então o pastor teria demitido pelos poucos que permaneceram.
Então, antes de cancelar tudo de uma vez, alguns pequenos passos em direção à liberdade pode ser necessária.
Uma igreja poderia cancelar um serviço de domingo por mês. 

E, inicialmente, para realmente entregar o controle e dar a liberdade das pessoas, nada deve ser programado para substituir o serviço cancelado. 

Nestes domingos, as pessoas são simplesmente dada permissão para não frequentar a igreja. 

O pastor pode dizer às pessoas que foi dada a folga de domingo. 

Eles podem dormir, jogar golfe, ou ter uma manhã agradável com sua família.
Quando o domingo chegar, as portas da igreja devem permanecer trancadas e um sinal pode ser publicado, que diz:
"O serviço da Igreja foi cancelado hoje. 
Aproveite o dia com Deus, e nos vemos na próxima semana!"
Posteriormente, se os líderes sentem que precisam planejar algo para o povo fazer, eles devem primeiro se perguntar, se eles estão tendo problemas de controle.
Uma que problemas de controle, certamente são eles é que não estão certos.
Eles devem tomar uma respiração profunda, e desigrejar algo da programação, você mesmo não indo à igreja.


Diga ao povo que não há exigências, mas se eles querem se juntar a você na praia no próximo domingo, eles são bem-vindos.
Ou a pesca no lago.Ou assistindo futebol. 
Ou algo assim. 

Basta não fazer nada com o canto da Bíblia, sermões, oração. 

Faça o que fizer, não havendo nenhuma oferta envolvida.
Cancelar um serviço da igreja, é claro, é feito com um propósito. 
É para mostrar ao povo que frequentar a igreja não tem nada à ver com Igreja. 


Cancelar um serviço ou dois por mês, a igreja oferece a oportunidade de colocar o serviço novamente no serviço da igreja. 

Sua igreja tentou algo assim?
Não?
Talvez eles queiram apenas o seu dinheiro mesmo.

Frases sobre o Cristianismo

Pesquisar este Blog

Administração BDBG Nosso intuito:

Administração BDBG Nosso intuito:
O QUE É, COMBATENDO CONTRA AS APOSTASIAS E HERESIAS NO FIM DOS TEMPOS: Não é rebelião contra líder nem guerra contra denominação, mas mudança de visão e atitude. É a luta pela prática sincera dos verdadeiros ensinamentos do SENHOR JESUS CRISTO. “...Sabendo que fui posto para defesa do evangelho. Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com fingimento ou em verdade, nisto me regozijo, e me regozijarei ainda” (Filipenses 1.17-18). SÓ QUEREMOS LEVAR A VERDADE DA SÃ DOUTRINA DO EVANGELHO ATÉ VOCÊ.

Versículos bíblicos

Falando a verdade,a este sistema religioso atual

Devemos sempre dizer a verdade,a este sistema religioso atual,e corrupto de entendimento!

Versículos Bíblicos para não cairmos nos mesmos erros!

Administração BDBG Esclarecimento:

Administração BDBG Esclarecimento:
Assim como eu, este blog não é ligado a qualquer denominação ou organização religiosa. Costumo me reunir somente ao nome do Senhor fora do sistema denominacional e clerical,LIVRE DO SISTEMA RELIGIOSO PARA SERVIR AO SENHOR JESUS.Não queremos, de nenhuma forma, ofender, difamar, atacar ou magoar alguém ou qualquer religião, denominação, seita, ordem, instituição, etc. Tão pouco incitar pessoas a violência, atos de vandalismo ou coisa parecida. Também não representamos qualquer partido político. este blog é apolítico. Neste espaço nós não representamos qualquer denominação. Enfim, queremos apenas propagar a verdade que conhecemos através do estudo SINCERO da palavra de Deus e de experiências compartilhadas. Ajudar aquelas pessoas que estão sendo levado por ventos de doutrinas, tradicionalismo, religiosidade, rituais, ocultismo, esoterismo, a conhecerem a verdadeira LIIBERDADE. Qualquer duvida acesse o meu Imail. david-b-m@hotmail.com Clique na imagem para saber mais.

Administração BDBG Nosso objetivo !

Atenção: esse é um blog evangélico. Nosso objetivo é pregar o evangelho; assuntos tratados aqui como Nova Ordem Mundial, vergonhas gospel,Maçonaria e etc... São apenas para se opor as duas coisas. Entenda que essas postagens existem apenas para se opor a pastores maçons,e pessoas que não procedem conforme a sã doutrina, e lhe mostrar algumas coisas erradas que ocorrem na "igreja"e no mundo. Só Jesus Cristo pode te livrar da Nova Ordem Mundial que ocorrerá DEPOIS DA VOLTA DELE. Ou você mesmo acredita que Deus permitiria uma Nova Ordem Mundial com o Espírito Santo aqui? Não acredite em sites ou em pessoas que falam de NOVA ORDEM MUNDIAL e que negam a Deus! Ninguém sabe quando ocorrerá tais eventos - aceite a Jesus no fundo do coração. O trabalho desse site é que você aceite a Jesus do coração e faça parte de sua Igreja e não no enorme engano espiritual que muitos que não sabem nem sobre maçonaria alegam por aí. Leia Salmos. 2:1 ao10 para saber sobre conspiração. Leia Lucas. 21:5 ao 38 para saber o que será a "nova ordem mundial". As informações aqui apresentadas são apenas para que você saiba que Satanás está atrás das coisas - mas informações de coisas subliminares não tem valor algum se a pessoa não crer em Jesus como seu Salvador.

Fiz-me acaso vosso inimigo, dizendo a verdade?
Gálatas 4:16

Qualquer duvida acesse o meu Imail.

david-b-m@hotmail.com

Administração BDBG Esclarecimento:

Esclarecimento

Esclarecimentos: Alguns conteúdos deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, pelas postagens do nosso irmão Mario Persona,portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações. Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas, e também as postagens servem apenas como exemplos de conduta,e também para adquirir conhecimentos, e não sugeri qualquer ingerência de cristãos na política e na sociedade, no sentido de exigir que as pessoas sigam os preceitos bíblicos.

O administrador é favorável à livre expressão, e inda que seu entendimento da Bíblia em algumas postagens possa conflitar com a opinião de alguns, defende o respeito às pessoas de diferentes crenças e estilos de vida. A opção "Comentários" foi desligada, não por causa das opiniões contrárias, mas de opiniões que pareciam favoráveis mas que tinham o objetivo de fazer propaganda de alguma ''igreja'' ou religião,ou crenças pessoais, induzindo os leitores ao erro.

Qualquer duvida acesse o meu Imail.

david-b-m@hotmail.com

Translate

Comunicado do Administrador

O que esperamos é a volta de Jesus!

Este é um site de informação, e de noticias do mundo gospel, Temos o intuito de só informar os fatos. Nosso alvo sempre foi, e sempre será, uma confissão de nossa crença e nossa fé , e de total agradecimento de nossa salvação em Cristo Jesus. Os assuntos mostrados em nossas postagens como: Maçonaria,Iluminatis,fins dos tempos,vergonhas gospel,sobre os anjos e outros,são apenas para adquirir conhecimentos no assunto,sugerimos aos nossos leitores ,não focarem suas expectativas em assuntos que desvirtuam o alvo da nossa esperança que está na volta de Jesus Cristo e no arrebatamento de sua santa e imaculada igreja,que foi comprada com seu sangue na cruz. Nós só mostramos as postagens para o exemplos de conduta,para não cairmos nas mesmas heresias,sugerimos aos leitores que após terem lidos as postagens,orarem pelos que estão fazendo os escândalos e heresias, para que Deus use também de misericórdia para com eles,e que possam ter uma chance de se arrependerem em quanto a tempo. Lembrando o que o estamos esperando é a volta de Jesus.


Perguntas e espostas

Esclarecimentos: Alguns conteúdos deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, pelas postagens do nosso irmão Mario Persona,portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações.Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas.

Conheça mais sobre este assunto:


David Bezerra 28-05-2012

Não compactuando com os homens corruptos de entendimentos da palavra.

Os homens (lideres religiosos)corruptos de entendimento fazem completamente o contrário, do que está escrito em, I TESSALONICENSES 2 :3 ao 9

Não compactuando com os homens corruptos de entendimentos da palavra.
I TESSALONICENSES 2 :3 ao 9 - 3 Porque a nossa exortação não foi com engano, nem com imundícia, nem com fraudulência(abuso de confiança); 4 Mas, como fomos aprovados de Deus para que o evangelho nos fosse confiado, assim falamos, não como para agradar aos homens, mas a Deus, que prova os nossos corações. 5 Porque, como bem sabeis, nunca usamos de palavras lisonjeiras(de bajulações), nem houve um pretexto de avareza(apego ao dinheiro); Deus é testemunha; 6 E não buscamos glória dos homens, nem de vós, nem de outros, ainda que podíamos, como apóstolos(enviados) de Cristo, ser-vos pesados; 7 Antes fomos brandos entre vós, como a ama que cria seus filhos. 8 Assim nós, sendo-vos tão afeiçoados, de boa vontade quiséramos comunicar-vos, não somente o evangelho de Deus, mas ainda as nossas próprias almas; porquanto nos éreis muito queridos. 9 Porque bem vos lembrais, irmãos, do nosso trabalho e fadiga; pois, trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós, vos pregamos o evangelho de Deus.

Traduza com Bandeiras

De qual Igreja você é? Excelente Conversação! (Fictícia)

De qual Igreja você é? Excelente Conversação! (Fictícia)
Sempre sou confrontado com uma Pergunta, que na realidade gera uma "Avalanche" de outras mais. Tenho que respondê-las quase que diariamente, mostrando qual o Fundamento da minha fé. Perco hoje mais tempo explicando o que não é Evangelho do que o que realmente é O Evangelho de Cristo(Infelizmente). Este Artigo traz uma Excelente Conversação(Fictícia) Produzida pelo Ir. Solimar entre um Cristão DENOMINACIONALISTA e outro que deixou o Sistema Religioso. São abordadas Várias Perguntas tais como: "De qual Igreja ou Denominação você é?" "Você Congrega onde?" "Isso é Ecumenismo?" "Onde Fica a Liderança? Os Títulos?" "Onde está a Hierarquia na Igreja?" Entre outros... Clique na imagem, Vale à Pena Conferir!

Salvem nossos Mestres ! 1,2,3

Salvem nossos Mestres ! 1,2,3
Muitos ainda fazem de tudo para defender esses homens corruptos de entendimento da verdade e cheios de heresias, como se eles fossem especiais e superiores,acham que são mediadores entre Deus e o homem, defendendo hierarquias dentro do que dizem ser ''igrejas'',vale a pena conferir estas postagens,e avaliar qual lado está falando a verdade nas escrituras.Clique na imagem para saber mais,e ir para as postagens

DESFAZENDO A MENTIRA QUE A NOSSA CARNE É O DIABO

BLOG DO DAVID BEZERRA GOSPEL: DESFAZENDO A MENTIRA QUE A NOSSA CARNE É O DIABOhttp://blogdodavidbezerragospel.blogspot.com/

Os membros da seita, salvo sempre salvo,(sss)dizem que satanás, o diabo não existe,dizem que o mesmo é nossa carne,você acredita nisso? Eu também não! Por isso é que vamos analisar com cuidado este estudo, com as escrituras sagradas,e desfazer essa mentira que a nossa carne é o diabo.Leia mais...

Assuntos que o sistema religioso não quer que você saiba

Assuntos que o sistema religioso não quer que você saiba
Clique na imagem para saber mais sobre o dizimo

Siga me no twitter

Compartilhe!

ANUNCIAI E PROCLAMAI !

ANUNCIAI E PROCLAMAI !

ANUNCIAI E PROCLAMAI ! leia esta postagens super interessante! que relata,como nós devemos confrontar a verdade do evangelho,a esse mundo, que tanto profana o santo, e santifica o profano!!!
Não há justiça, se não haver servidão à Jesus, Não há servidão, se não houver submissão à Jesus
Não há submissão, se não houver redenção à Jesus
Não há redenção, se não houver abandono dos pecados!
Muitas vezes ou até na maioria delas,guando evangelizamos, ouvimos das pessoas, Expressões e tais argumentações, como ___’eu já conheço Jesus’, ’eu já tenho Jesus no coração’, ’Jesus também te ama’ e etc... Todos falados com um certo tom de ironia(certo que muitos também recebe a evangelização com carinho e respeito).Leia mais>>>>

O Significado da Palavra Shekinah. Shekiná, Shekináh, Você Sabia?

O Significado da Palavra Shekinah. Shekiná, Shekináh, Você Sabia?

O objetivo deste trabalho é esclarecer de forma documentada qual é o real significado dessa palavra SHEKINÁH que tem sido amplamente usada nos meios evangélicos e a quem ele realmente se refere no contexto do idioma hebraico e do misticismo judaico.Leia mais

CAMPANHA'' DIGA NÃO AOS PASTORES MAÇONS''

CAMPANHA'' DIGA NÃO AOS PASTORES MAÇONS''

CAMPANHA'' DIGA NÃO AOS PASTORES MAÇONS'' entre nessa briga,não deixe de ler,estas verdades,nesta postagem "CAMPANHA'' DIGA NÃO AOS PASTORES MAÇONS'' NOSSO BLOG LEVANTA A BANDEIRA DA RESISTÊNCIA PELA LIMPEZA DOS PÚLPITOS BRASILEIROS! NÃO QUER..."Leia mais>>>>

Construções Sinistras pelo mundo: Pedras Guias da Geórgia

Construções Sinistras pelo mundo: Pedras Guias da Geórgia

Construções Sinistras pelo mundo: Pedras Guias da Geórgia
POSTAGENS QUE ESCLARECE,MUITAS COISAS SOBRE
A NOSSA SOCIEDADE
NÃO DEIXE DE LER!
Construções Sinistras pelo mundo: Pedras Guias da Geórgia As Pedras guias da Geórgia formam um misterioso monumento em que estão esculpidos os dez "mandamentos" para uma "Nova Idade da Razão". Qual o primeiro mandamento? Manter a população mundial com menos de 500 milhões de pessoas. Outro fato sinistro: os autores do que hoje chamamos de '' ''o Stonehenge americano'' ainda são um "mistério" ... exceto para aqueles que o conhecem. Vamos olhar para as diversas características do monumento, a sua mensagem pedindo uma Nova Ordem Mundial e explicar como é o trabalho de uma sociedade secreta ocultista. Leia mais>>>>

Siga me no dihitt

O EVANGELHO SENDO CONFUNDIDO COM COMÉRCIO

O EVANGELHO SENDO CONFUNDIDO COM COMÉRCIO

Se você acha que o evangelho de Cristo,não deve ser utilizado
como comercio,leia essa postagem,e confirme com as escrituras
sagradas,você vai ser surpreender com tantas verdades!!
O que posso dizer nas linhas desse estudo bíblico, e que o Espírito Santo,confirma, digo isso sem medo de errar, é que o evangelho (boas novas do ide de Jesus) é coisa muito séria e santa, para que as pessoas em um modo geral façam dele meios de lucros, em todos os sentidos. E se falar a verdade sem mistura na base da sã doutrina, é causar inimizade para muitos, é que o tal não tem o Espírito de Deus, para instruí-lo na verdade. Agora análise comigo, se não é o que está acontecendo com muitos nas igrejas (comunidades evangélicas)hoje em dia,muitos esqueceram que é só o Espírito Santo é quem dirige e instrui a igreja de Cristo, numa unidade.Leia mais>>>>
Ocorreu um erro neste gadget

compartilhe !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Widget

CAMERA

Visitas-Mundo-Desde 5-07-2011

Tempo - Visitas Mundo

TERMOS DE USO

CONDIÇÕES E TERMOS

PERMISSÃO DE USAR OS ESTUDOS

Não há copyright em nenhum dos estudos disponibilizados neste site. Assim todos têm a permissão de copiar, imprimir, divulgar e distribuí-los livremente.

Peço a gentileza cristã, no caso de publicação de qualquer estudo bíblico deste site, que conserve o estudo integral, cita o nome do autor e dessa página como fonte (http://blogdodavidbezerragospel.blogspot.

com.br/).

Não é permitido a venda de qualquer destes estudos pois estão expostos neste site na mesma maneira que foram recebidos, ou seja, grátis.

Siga me por Imail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Estou no Sonico

Rede social:Blogueiros Evangelicos

Rede social: SINCEROS

Google+

As mais votadas no Dihitt

Imagens com dizeres

Imagens com dizeres
Nestas imagens,você encontrará respostas para suas perguntas,são as mais pura verdades,respondendo as suas dúvidas e algumas ainda vem recheadas de humor,vale apena dar uma conferida !

Faço minhas essas palavras.

ESTÁ ESCRITO

"E até importa que haja entre vós HERESIAS, para que os que são SINCEROS SE MANIFESTEM ENTRE VÓS." I aos Coríntios 11:19

SIMCEROS é um site destinado às manifestaçõs dos SINCEROS, para levar conhecimentos aos membros da Igreja de Cristo. Geralmente estas informações são PROIBIDAS dentro de muitas igrejas que estão sob o jugo de satanás, pois pregam somente o que ele deixa pregar.

Mateus 5: 10-12 Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.

Jó 4: 7 Lembra-te agora qual é o inocente que jamais pereceu? E onde foram os SINCEROS DESTRUÍDOS?

João 8: 32 Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. (Quem nos dá a liberdade é Jesus Cristo, pois ELE é a verdade e o grande libertador.)

JOÃO 18: 20 Jesus lhe respondeu: Eu falei ABERTAMENTE ao mundo; eu sempre ensinei na sinagoga e no templo, onde os judeus sempre se ajuntam, e NADA DISSE EM OCULTO.

Provérbios 3: 32 Porque o perverso é abominável ao SENHOR, mas com os SINCEROS ele tem intimidade.

Filipenses 1: 10 Para que aproveis as coisas excelentes, para que sejais SINCEROS, e sem escândalo algum até ao dia de Cristo.

Filipenses 2: 15 Para que sejais irrepreensíveis e SINCEROS, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo;

Jesus Cristo foi e continua SINCERO. A igreja de Cristo vive tudo abertamente e não tem nada de ocultismo. O PAI ESTÁ PROCURANDO os verdadeiros adoradores, aqueles que o adoram em ESPÍRITO E EM VERDADE. O engano e a falta de conhecimento escravizam o povo.

No SIMCEROS.ORG, a Sincera Igreja Manifesta está tentando corrigir esta falta grave na vida da igreja de Cristo, dando oportunidade aos discriminados e até perseguidos em suas famílias, igrejas, cidades e no mundo.

SIMCEROS, SIM. Por que não?

Graça e Paz da parte do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Dr José Renato Pedroza

Esclarecimento Sobre a Sã Doutrina

Guando um Cristão,é confiante na sã doutrina,ele não julga ninguém,mas leva as pessoas a luz das escrituras,essa sim,mostra o verdadeiro significado e os erros cometidos por homens,denominações,religiões,seitas e heresias.
O verdadeiro Cristão,deve falar ou mostrar tudo que não corresponde na palavra de Deus,não no intuito de julgar,mas sim em mostrar os erros.
Os mesmos devem respeitar os pensamentos alheios.uma coisa que devemos fazer sempre é dizer a verdade,mesmo que esta pessoa não aceite de bom grado,e até mesmo para aqueles que professam o evangelho, mas deixa ser levado por várias doutrinas estranhas,e não pela sã doutrina, já dita pelo enviado(apóstolo)Paulo em Efésios4:14 que diz:Para que não sejamos mais meninos inconstantes,levados em roda por todo o vento de doutrina,pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.
E em,1Timóteo.6:3 e 5 que diz:Se alguém ensina alguma outra doutrina,e se não comforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo,e com a doutrina que é segundo a piedade,É soberbo,e nada sabe,mas delira acerca de questões e contendas de palavras,das quais nascem invejas,porfias,blasfemas,ruis suspeitas
Contendas de homens corruptos de entendimentos,e privados da verdade,cuidando que a piedade seja causa de ganho:aparta-te dos tais.
Devemos dizer a verdade sempre para o nosso próximo,veja mais o que diz Paulo em Gálatas.4:16 - Fiz me acaso vosso inimigo,dizendo a verdade. E em Efésios.4:25 -Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros. David Bezerra.

Esclarecimento sobre o Julgar

A VERDADE & O JULGAMENTO

O JULGAR PELO DICIONÁRIO

julgar[Do lat. judicare.]
Verbo transitivo direto.
1.Decidir como juiz ou árbitro:

julgar uma pendência.2.Dar sentença, sentenciar.3.Supor, imaginar, conjeturar:

Os tiranos julgam que o mundo é imutável.4.Formar opinião sobre; avaliar:
Não se deve julgar o que não se conhece.

FOI DESSA MANEIRA QUE JESUS PEDIU PARA NÃO JULGAR-MOS,COMO SE FOSSEMOS JUIZ,E SE ESQUECENDO DOS NOSSOS ERROS.VEJA EM MATEUS.7:1 e2 QUE DIZ:1 NÃO julgueis, para que não sejais julgados.2 Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.

POVO DE DEUS ENTENDA, DIZER A VERDADE PELA ESCRITURA SAGRADAS, NÃO É JULGAR NINQUÉM, TANTO QUE JESUS NÃO JULGOU OS ESCRIBAS E FARISEUS. MAS, DISSE SOMENTE A VERDADE PELA PALAVRA. VEJA JOÃO. 8:45 AO 47 -45 Mas, porque vos digo a verdade, não me credes.46 Quem dentre vós me convence de pecado? E se vos digo a verdade, por que não credes?47 Quem é de Deus escuta as palavras de Deus; por isso vós não as escutais, porque não sois de Deus.

VEJA TAMBÉM EM JOÃO.12:47 e 48 QUE DIZ:47 E se alguém ouvir as minhas palavras, e não crer, eu não o julgo; porque eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo.48 Quem me rejeitar a mim, e não receber as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o há de julgar no último dia.

DIZER A VERDADE, DOÍ MUITO NAQUELES QUE NÃO QUEREM OUVIR,E ENTENDEM COMO JULGAMENTO,MAS QUEM O JULGA É AS ESCRITURAS SAGRADAS.VEJA EM GALATAS. 4: 16 QUE DIZ: 16 Fiz-me acaso vosso inimigo, dizendo a verdade?

I Timóteo.6:3 ao 5 também diz:3 Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade,4 É soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas,5 Contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais.

HAVEREMOS DE JULGAR O MUNDO UM DIA, PELA PALAVRA DE DEUS,QUANTO MAIS AS COISAS PERTENCENTES A ESTA VIDA,VEJA EM 1 CORINTIOS.6:2 E 3 QUE DIZ: 2 Não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo deve ser julgado por vós, sois porventura indignos de julgar as coisas mínimas?3 Não sabeis vós que havemos de julgar os anjos? Quanto mais as coisas pertencentes a esta vida?

POR ISSO SEMPRE DEVEMOS FALAR A VERDADE, AOS QUE ANDAM ERRADOS NAS ESCRITURAS, E PENSAM QUE OS JULGAMOS, MAS QUEM OS JULGA, É A PALAVRA VEJA EMEFÉSIOS. 4:25 QUE DIZ: 25 Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros.

VEJA TAMBÉM EM 2 CORINTIOS 4:2 QUE DIZ: 2 Antes, rejeitamos as coisas que por vergonha se ocultam, não andando com astúcia nem falsificando a palavra de Deus; e assim nos recomendamos à consciência de todo o homem, na presença de Deus, pela manifestação da verdade.

Conclusão: O administrador quer passar aos visitantes deste blog,uma critica construtiva para todos aqueles que querem viver na verdade da luz do evangelho de Cristo Jesus.

Sabendo que: para os que querem viver de heresia,e nas mentiras,as postagens e os videos irão produzir uma critica destrutiva para estes.

Deixando bem claro que o nosso objetivo é falar das boas novas (evangelho) de Cristo Jesus,e que devemos se preocupar exclusivamente com isto,por que o nosso alvo é a volta de Jesus,fora disso não tem motivo algum, as postagens que estão expostas somente como alerta e noticias do mundo gospel, e do sistema religioso.

David Bezerra

Pecado,diga sempre não !

Pecado,diga sempre não !

Logo cubo do blog

Slides das postagens

Carregando...

Vídeos: O evan 3 min.

Vídeos: O evan 3 min.
Assista no blog,Assista agora,clique na imagem!

Postagens: Seitas e Heresias

Postagens: Seitas e Heresias
Clique na imagem, para ler as postagens!

Postagens: Perguntas e Respostas

Postagens: Perguntas e Respostas
Clique na imagem,para ler as postagens agora!

Perguntas e espostas

Perguntas e espostas
todas as postagens,de perguntas e respostas,do irmão Mario Persona,clique na imagem para ir ao site!

Blogues que recomendo

Noticias Gospel

Leia Gospel +

Púlpito Cristão

Pulpito Cristão

A new wineskin

Spirit on line tv

Evangelho sem contaminação

Evangelizando c/ Imagens (Facebook)

Evangelizando c/ Imagens (Facebook)
Curta minha pagina e compartilhe imagens gospel na linha do tempo do seu Facebook,para ir clique na imagem

Evangelizando c/ Imagens Google +

Evangelizando c/ Imagens Google +
Compartilhe em minha pagina, imagens gospel para colocar no stream do seu Google+,para ir clique na imagem

Blog Evangelizando c/ Imagens

Blog Evangelizando c/ Imagens
Pegue no Blog imagens gospel para colocar nas suas redes sociais,para ir clique na imagem

Bíblias

O evan 3 min mp3

O evan 3 min mp3
Baixe todos os arquivos em mp3,clique na imagem para ir ao blog do irmão Mario Persona!

Vídeos_O evan 3 min.

Vídeos_O evan  3 min.
Assista todos os vídeos,clique na imagem para ir ao blog do irmão Mario Persona!

Bíblias,dicionários,enciclopédias,etc..

Bíblias,dicionários,enciclopédias,etc..
clik na imagem para ir no biblos

Dicionário Bíblico

Dicionário Bíblico
CLIK NA IMAGEM PARA IR AO DICIONÁRIO,GREGO LÉXICO PORTUGUÊS

Site do David Bezerra Gospel

Site do David Bezerra Gospel
Faça uma visita!!!!

Meu blog de psicologia

google-site-verification: googlef3b01c83c98541ab.html